A Incorporadora e Construtora Habiarte completa, neste mês de julho, 35 anos de uma história que está intimamente ligada à urbanização e à expansão imobiliária da Zona Sul de Ribeirão Preto. Nesse período, foram mais de 822.000 m² construídos e mais de 3.480 unidades residenciais e comerciais de alto padrão entregues ao mercado da cidade e também da região. Para deixar a data ainda mais especial, a empresa acaba de concluir um projeto visionário idealizado no início dos anos 2000: o Mirante Morro do Ypê. O bairro planejado, localizado na Alta Fiúsa, foi 100% implementado com a entrega do edifício Cidade de Munique, em junho.

O complexo é composto, ainda, pelas torres Cidade de Petrópolis, Cidade de Lisboa, Cidade de Madrid, Cidade de Londres, Cidade de Paris, Cidade de Roma e Cidade de Viena. No total, são 359 unidades com metragens que variam de 217 m² a 929 m², incluindo opções de um ou dois apartamentos por andar, além de coberturas dúplex e tríplex. O Morro do Ypê reúne toda a experiência que a Habiarte vem acumulando desde a década de 90, quando foi uma das responsáveis pela urbanização e pela implantação da fase inicial da Av. Prof. João Fiúsa. “Aprimoramos nossos acertos da primeira fase da Fiúsa no projeto do Morro do Ypê, sempre buscando inovar. A excelência se faz presente em cada detalhe, com o objetivo de proporcionar máxima qualidade de vida aos moradores”, descreve o fundador da empresa, Paulo Tadeu Rivalta de Barros.

Obras despontam no novo endereço do luxo imobiliário de Ribeirão Preto - Obra Cidade de Vancouver - julho 2020

Terrenos generosos, tecnologia construtiva de ponta, fiação subterrânea, rico paisagismo, identidade visual contemporânea, plantas inteligentes, opções de lazer diversificadas, itens de sustentabilidade, acesso restrito e segurança, entre outros atributos, fizeram o Morro do Ypê liderar, por seis anos consecutivos, o ranking do Guia EXAME de Imóveis, o maior mapeamento do mercado imobiliário brasileiro, sendo considerado o local mais desejado pelos ribeirãopretanos e o m² mais valorizado da cidade.

Tal reconhecimento serviu de inspiração para a Habiarte dar mais um passo e um novo salto de qualidade rumo ao prolongamento da Fiúsa após o Anel Viário-Contorno Sul e tirar do papel o projeto do bairro Ilhas do Sul, que desponta como o novo endereço do luxo imobiliário de Ribeirão Preto. “O propósito da Habiarte é transformar o mercado e criar novas histórias. Concluímos o Morro do Ypê ao mesmo tempo que seguimos tornando o futuro realidade no Ilhas do Sul. Investir em pioneirismo, por meio de planejamento estratégico, faz parte do nosso DNA”, explica a diretora de marketing, Maria Luiza de Andrade Barros Leme.

Os 20 terrenos do Ilhas do Sul têm, em média, 4.500 m² cada — metragem 50% maior que os localizados na Fiúsa. As torres ocuparão apenas 20% do lote, deixando 80% livres para lazer e jardins privativos. Todos os apartamentos terão fachada norte ou sul — preservando as unidades da insolação intensa — e frente para as áreas verdes ou para a via pública. Os dois primeiros edifícios, Cidade de Vancouver (com quatro apartamentos por andar) e Cidade de Montreal (com dois apartamentos por andar), já estão em obras. “Esse projeto é único, o retrato da nossa evolução contínua e o endereço ideal para quem busca conforto, segurança, tranquilidade e lazer, em contato com belíssimas paisagens”, resume Tadeu.

Rotunda central do Ilhas do Sul, com parque linear de 35 mil m² de praças - Obra Cidade de Montreal - Julho 2020

Mais novidades

Para marcar seus 35 anos, a Habiarte reformulou sua identidade visual, que passa a transmitir ainda mais modernidade e sofisticação. O escritório central também está em novo endereço, no Centro Empresarial Castelo Branco, um empreendimento que integra o portfólio da empresa.

Incorporadora e Construtora Habiarte

Tel.: (16) 3323.3000

www.habiarte.com

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

Leia também

Rio: MP pede Plano de Gestão de Óbitos para ‘cenário de óbitos em massa’

A capital carioca registrou, até a quinta-feira (14), 1.509 mortes confirmadas por contami…