Feminicídio em Porto Alegre

Apaixonada por netos, pintora nas horas vagas e dedicada às causas públicas: quem era a advogada assassinada

Maria Elizabeth Rosa Pereira, 65 anos, foi morta com um tiro nas costas em residência no bairro Partenon. Companheiro é principal suspeito

Leticia Mendes

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

Leia também

Hospital de Prudente registra ampliação nos atendimentos ligados ao câncer de mama

Unidade de saúde do interior do estado de São Paulo registrou um salto de 61,8% nos dados …