Quantidade de drogas apreendidas em rodovias de SP cresce 139% durante quarentena

Quantidade de drogas apreendidas em rodovias de SP cresce 139% durante quarentena

A quantidade de drogas apreendidas pelo Policiamento Rodoviário Estadual entre os dias 24 de março de 31 de maio deste ano aumentou 139% em comparação com o mesmo período de 2019. Houve um salto de 15,2 toneladas para 36,5 toneladas de um ano para o outro.

É o que aponta levantamento do órgão da Polícia Militar obtido com exclusividade pela GloboNews. A análise se restringe ao período de 69 dias de cada ano e inclui todas as drogas interceptadas nas estradas paulistas.

As apreensões feitas a partir do começo da quarentena representam uma disparada no volume de drogas retirado de circulação nos cerca de 22 mil km que compõem a malha rodoviária estadual. Entre 1º de janeiro e 23 de março, policiais militares rodoviários apreenderam 8,9 toneladas de drogas, um aumento de 72% em comparação com as 5,1 toneladas de entorpecentes interceptados no mesmo período de 2019. Nesse caso, o comparativo é entre períodos de 83 dias de cada ano.

Drogas apreendidas nas rodovias estaduais de SP

Entre 24 de março e 31 de maio

  • 2019 – 15,2 toneladas
  • 2020 – 36,5 toneladas

Drogas apreendidas nas rodovias estaduais de SP

Entre 1º de janeiro de 23 de março

  • 2019 – 5,1, toneladas
  • 2020 – 8,9 toneladas

O estado de São Paulo vive sob quarentena decretada pelo governador João Dória (PSDB) e válida nos 645 municípios paulistas desde 24 de março. Ela vem sendo prorrogada desde então. Desde o início deste mês, regiões diferentes do estado deram início a um processo de retomada gradual das atividades econômicas.

Na avaliação do capitão Fernando de Souza, porta-voz do Policiamento Rodoviário Estadual, dois fatores justificam esse aumento nas apreensões após o início da quarentena.

“Com menos veículos trafegando pelas rodovias, os policiais conseguem fazer abordagens mais direcionadas. Antes da quarentena, com 2.000 ou até 3.000 passando por hora em determinado trecho de uma rodovia, essas abordagens eram como achar uma agulha no palheiro. Com uma quantidade menor de carros e caminhões na estrada, aumenta a eficácia dessas abordagens”, diz.

O segundo fator citado pelo capitão do Policiamento Rodoviário Estadual é a queda dos acidentes nas rodovias estaduais. “Dependendo do caso, um policial militar fica de 2 horas a 3 horas em uma ocorrência de acidente de trânsito. Com menos acidentes, passamos a ter mais policiais abordando motoristas suspeitos de tráfico de drogas, o que também contribuiu para esses números de apreensões dispararem.”

Cadeias globais

Já para o professor da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP) e integrante do Fórum Brasileiro de Segurança Pública Rafael Alcadipani, o efeito da pandemia sobre a quantidade de voos internacionais partindo do Brasil e também de navios procedentes do porto de Santos, na Baixada Santista, também pode ter tido um efeito nesses números.

“Está mais difícil de exportar drogas por que está havendo menos voos. Muitos voos não estão mais indo para fora do Brasil. E a rota aérea é uma rota importante para o tráfico. E também houve uma diminuição do número de navios saindo do porto de Santos devido à pandemia. A pandemia tem afetado as cadeias globais de distribuição, o que acaba afetando também o mercado das drogas.”

Com isso, diz Alcadipani, mais drogas pode estar circulando internamente no país por meio das rodovias, o que pode ter contribuído para a alta das apreensões.

O especialista também alerta para um possível aumento do consumo de drogas relacionado à pandemia do novo coronavírus. “Estudos internacionais têm mostrado que o aumento do consumo de drogas é expressivo em um período como esse. As pessoas estão mais em casa, ficam mais inseguras, ficam mais incertas em relação ao trabalho. E acabam abusando tanto de drogas quanto de remédios. Há estudos, inclusive da Interpol, indicando isso “, diz Alcadipani.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

Leia também

Boletim Coronavírus Itu – 183

A Secretaria Municipal de Saúde informa que Itu conta com 4079 casos confirmados, 3833 cas…