Um dos principais eventos da raça Quarto de Milha, o 31º Congresso Brasileiro do Quarto de Milha – Trabalho & Conformação, encerrou seu capítulo e entrou para a história da raça.

Uma edição diferente, sem a presença marcante do público, mas se perder a magia, a garra e a energia dos conjuntos que entraram nas arenas para lutar pelos concorridos títulos.

Essa edição, realizada em Araçatuba/SP, atingiu a marca histórica de 10,1 mil conjuntos inscritos, um crescimento de 16%, em relação à edição passada, quando o evento recebeu mais de 8,5 mil inscrições.

Mais de 1,4 mil competidores e 2,5 mil animais estiveram nas pistas em 330 categorias em busca de um dos 1,1 mil troféus, 411 fivelas, além de mais de R$ 2,3 milhões de prêmios em dinheiro.

E etapa reuniu atletas de todo o país para disputar as 18 modalidades esportivas: Apartação, Breakaway, Roping, Cinco Tambores, Conformação, Laço Cabeça, Laço em Dupla, Laço Individual, Laço Individual Técnico, Laço Pé, Maneabilidade e Velocidade, Performance Halter, Ranch Sorting, Rédeas, Seis Balizas, Team Penning, Três Tambores, Western Pleasure e Working Cow Horse. Modalidades que mostram a versatilidade da raça.

Nesta edição, quatro modalidades registraram crescimento no número de participantes: Breakaway Roping (171%), Performance Halter (131%), Maneabilidade e Velocidade (113%) e Cinco Tambores (70%).

Destaques do Congresso Brasileiro do Quarto de Milha

Em todas as modalidades, os conjuntos entraram em pista e fizeram o possível e o impossível para escrever seus nomes na história do congresso Brasileiro.

Na modalidade de Working Cow Horse, na categoria Cavalo Iniciante, o grande destaque foi o conjunto Kitty Kat Merada (This Kats King x Alotta Merada Style) e Henrique Paccola Ribeiro.

Na Arena Guabi, o conjunto campeão atingiu a nota de 432. A fêmea é de propriedade do Haras R3 Paint and Quarter Horses e de criação de Noberto Soares Leite. Na modalidade, foi distribuída uma premiação de R$ 28 mil, além de 22 troféus e 10 fivelas.

Na modalidade de Western Pleasure, o grande destaque foi Genial Jac (Mr Kali Jac x Genial Roosters VSJ), apresentado pelo seu proprietário, Kozo Yoshimura Neto. O conjunto levou três títulos: Amador (ABQM e AQHA), Castrado e Amador Principiante. O animal é de criação de Marcus Antônio Pereira Júnior.

Mostrando a força da mulher quartista, outro conjunto que se destacou e também levou o título em três categorias (Jovem, Jovem Castrado e Jovem Principiante) foi Galactic Tag (Whiz N Tag Chex x Chexalita) e Luisa Tomazela. O animal é de criação de André Tripoloni.

Rédeas no Congresso Brasileiro do Quarto de Milha

Na modalidade de Rédeas, a maior nota obtida nessa edição do Congresso Brasileiro foi conquistada na categoria Aberta Júnior, pelo conjunto Baby Voodoo Gun (Shiners Voodo Dr x Whizgun) e Douglas Noveti de Oliveira.

Com a nota 219, o conjunto foi o principal destaque da modalidade.

O animal é de propriedade de Thomaz Luiz Cabral Menezes e de criação de Ubere Agropecuária Eireli.

Já na modalidade de Laço Individual, Kenny Cunha e Son Ofa Dunit RLE (Reminic N Dunit x Miss Del Chelo TMR), foi o melhor conjunto do Laço Individual Técnico (Aberta Sênior).

Com a nota 227, o conjunto obteve a maior pontuação da modalidade, uma das mais tradicionais dos Esportes Equestres. O animal é de propriedade de João Carlos Pedro Filho e de criação de Omir Dias de Moraes Júnior.

Competidora destaque de Breakaway Roping é uma das mais jovens do Congresso Brasileiro

O grande destaque da modalidade de Breakaway Roping, no 31º Congresso Brasileiro saiu para a categoria Jovem Principiante Feminino (14 a 18 anos).

Maria Felicia Fernanda Lopes Lemos, de apenas 18 anos, e a égua Morena Pepita (Doc Jaybee Fm x Serena Pepita) registraram o melhor tempo da prova: 2s840.

Com o animal que é de criação de Agroseta Agropecuária Sebastião Tavares LTDA, a também de propriedade de Maria Felicia.

A competidora é uma das mais jovens campeãs desta edição do Congresso Brasileiro, e um exemplo da força e participação, cada vez maior, da mulher quartista nos Esportes Equestres.

Já a amazona Rosana Corte foi a competidora que mais ganhou prêmios no Breakaway Roping. A amazona venceu em quatro categorias com três animais: 1º lugar na Amador Principiante e na Amador Feminino, na sela de MR Spark Song 4M (Dual Spark x Sonora Song 2I), com os tempos 3s555 e 3s805, respectivamente; 2º lugar na Amador Principiante, montando Dutchess Maple RFA (Mrs Maple x Kaoma Ifyoucan), com o tempo 3s690; e 2º Lugar na Amador Feminino, com o animal Haidas Little Cat (Moms Silverado Cat x Haidas Little Lena) e o tempo de 4s200.

Na modalidade de Maneabilidade e Velocidade, o grande Vagner Simionato montando Cash Question (Missin James x Patty Brown) foi grande destaque.

Com o tempo de 56s520, o conjunto conquistou o primeiro lugar nas categorias Aberta e Castrado. O animal é de criação e propriedade da Fazenda Caruana.

Team Penning no Congresso Brasileiro

Com o tempo de 20s467/3 bois, o trio formado por Freckle Moonshine (Bobs Freckle x Moonshine Freckles) e Vinicius Lelis Gregorio da Silva, Son for Rey HSC (Rey for Jackson x Peppy’s Jay Lena HSC) e Lucas Santana Hisbek e One Pepto Gun Mig e Fábio Pimenta Barbosa, foi o destaque do Team Penning, na categoria Aberta.

Freckle Moonshine é de propriedade de Milton Antônio Dias Moscardini e criação de Antonio Carbonari Netto; Son for Rey HSC é de propriedade de Arthur Carlos Santana Hisbek e criação de José Amaury Camillo e One Pepto Gun Mig é de propriedade de Pedro Henrique Jardini Pimenta Barbosa e criação de Marcelo Iguma.

Na modalidade de Seis Balizas, Hilario’s Fly (Fishers Fly x ST Margherita) e seu proprietário e criador Vagner Simionato, o Vaguinho, marcaram o melhor tempo 19s830 da modalidade pela categoria Aberta Castrado.

O atleta foi o primeiro cavaleiro da história da Associação Brasileira de Criadores de Cavalo Quarto de Milha (ABQM), considerando todas as modalidades, a ultrapassar os 7 mil pontos. Vaguinho já compete há mais de 40 anos e se tornou uma lenda entre competidores do país.

A equipe formada por Cats Royal e Luís Mateus Nistarda de Almeida e American Sniper DD e Evandro Luís Soldi, foi a melhor do Ranch Sorting (ABQM/AQHA).

Cats Royal (Cats Red Feather x WR Song Sung Blue) é de propriedade de Osvaldo Lellis Saraceni e criação de Paulo Cesar Scariot. Já American Sniper DD (Playgun x Reilena Tari TMR) é de propriedade de Felipe Kalil Aidé Rodrigues e criação de Dorival Ricci Júnior.

Com o tempo de 30s307/10 bois, a equipe que competiu na categoria Aberta Livre foi a mais rápida da modalidade.

Mais um Congresso Brasileiro que registra seu nome na história da raça e mostra a versatilidade e a competência do cavalo Quarto do Milha.

Por: Camila Pedroso

Colaboração: Assessoria ABQM

Fotos: ABQM

Mais notícias no portal Cavalus

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Heineken abre vagas de emprego para moradores de Itu e Mairinque

Gabriel Kazuo 8 de março de 2022 – Atualizado: 06 maio 2022 às 10:43 Fachada da fábr…