No último domingo (03), o Plantão Policial da Delegacia Central de Itu registrou duas ocorrências envolvendo violência contra a mulher. Os dois casos se deram em pontos diferentes do município, em um intervalo de menos de três horas.

O primeiro caso ocorreu por volta das 19h40, na Rua João dos Santos, no bairro Vila Ianni, local em que o suspeito, um promotor de vendas de 39 anos, teria chegado em sua casa bêbado e, após discutir com sua esposa, uma auxiliar administrativo de 31 anos, teria a ameaçado de morte na frente dos filhos.

Diante da situação, a Polícia Militar foi acionada. Visivelmente alterado, o suspeito foi detido e encaminhado ao Plantão Policial da Delegacia Central, porém foi liberado após a elaboração do boletim de ocorrência, uma vez que a vítima não teve a intenção de representar judicialmente contra marido.

Já o segundo caso ocorreu em uma igreja situada na Rua João dos Santos, no bairro Vila Santa Terezinha. De acordo com a vítima, uma ajudante geral de 31 anos, ela se relacionou com o suspeito por um ano, porém havia terminado o relacionamento há seis meses, pois tinha medo do ex-namorado por ele ser violento e ameaçá-la constantemente.

Ainda de acordo com a vítima, devido ao comportamento do agressor, que não se conformava com o término do relacionamento, ela teve de deixar o emprego e mudar de casa, para tentar visar uma vida normal. Porém, por volta das 22h de domingo (03), o indivíduo teria ido até a igreja em que a ajudante geral estava para ameaçá-la.

Na sequência, o suspeito teria a agredido no local e dito que sabia seu novo endereço e que iria matá-la. Além disso, teria ameaçado matar também o filho da vítima e o pastor da igreja, que segundo o suspeito, estaria se relacionando a ex-namorada.

A vítima então se dirigiu ao Plantão Policial da Delegacia Central, local em que foi registrado um boletim de ocorrência. Ela foi orientada sobre o prazo de seis meses para representar judicialmente contra o suspeito.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

A Zona Azul é gratuita em Salto, mas se bobear pode tomar multa e ter seu veículo guinchado

A prefeitura da Estância Turística de Salto, está divulgando que começou a vigorar a parti…