Se a gestão financeira sempre foi uma questão fundamental para a sobrevivência de uma empresa, em tempos de pandemia, o controle e o planejamento das finanças são ferramentas importantes que procuram antecipar e prevenir adversidades.

De acordo com Nelson Amantea Filho, docente da área de gestão e negócios do Senac Salto, a pandemia desorganizou setores inteiros da economia, e os mais afetados foram os serviços e o comércio de maneira geral. “Os empresários viram-se às voltas com queda no faturamento, redução da demanda, questões trabalhistas, redução da produção e dívidas crescentes, entre outros problemas.”

O especialista explica que em um momento de crise como o atual, o empresário deve fazer uma análise cuidadosa das despesas para ajustar os gastos da empresa. “Um planilha simples contendo as despesas médias pelos próximos três meses já é suficiente para se ter um horizonte mínimo de planejamento e controle dos gastos.”

Quatro passos para uma boa gestão

1 – Negociar com fornecedores, colaboradores e instituições financeiras –  “Normalmente, consegue-se alongamento de prazos, redução de parcelas e juros e pode-se sempre negociar com colaboradores e sindicatos. Afinal, todos esses agentes têm interesses na sobrevivência da empresa. Transparência e resiliência são imprescindíveis durante as negociações.”

2 – Analisar as contas a receber – “A empresa também será pressionada pelos clientes que vão demandar negociações de prazos e preços. Da mesma forma, deve-se elaborar de uma planilha simples, mas realista, com as previsões de faturamento (pelos mesmos três meses). Isso ajudará nas tomadas de decisão, na negociação com os clientes, e também, na contenção das despesas que devem ser estritamente as necessárias ao negócio.”

3 – Atenção ao fluxo de caixa – “É a partir do fluxo de receitas e despesas (reais e previstas) que se gera e controla de forma eficiente o caixa da empresa. Essa é a ferramenta de gestão que dará ao empresário um eixo seguro para tomada de decisões financeiras.”

4 – Adaptar-se ao cenário –  “Isso passa por fazer promoções (se houver estoques de produtos); melhorar o atendimento aos clientes; ampliar os canais de pagamento e comunicação; disponibilizar serviços de entrega; atuar fortemente em marketing digital, entre outras medidas. Todas essas ações em conjunto têm por objetivo aumentar o faturamento e, portanto, as chances de sobrevivência da empresa.”

Senac Salto

Endereço: Avenida Dra. Sonia Maria Bulle Lopes, 1.245, Jardim Buru, Salto-SP

Inscrições e informações: www.sp.senac.br/salto

Divulgação

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Bandidos assaltam farmácia e cliente no calçadão do Cecap

Mais um assalto à farmácia foi registrado. Dessa vez, o roubo aconteceu no Boulevard no ba…