Com o avanço da tecnologia e, especialmente da internet, a Educação a Distância (EAD) deu um salto nos últimos anos, ganhando muitos adeptos. Dados do Censo da Educação Superior, divulgados em 2020 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), mostram que o número de estudantes da modalidade no Brasil ultrapassa o 1,5 milhão. Há 10 anos, a quantidade de alunos era bem menor, 330 mil.

Em comparativo com o ensino superior presencial, o censo confirma que a quantidade de alunos matriculados em cursos a distância aumentou significativamente. Em 2009, o número de estudantes da EAD era de 332.469 e em 2019, 1.592.184. Já os cursos presenciais, registraram 1.732.613 alunos em 2009 e 2.041.136 em 2019.

Em Presidente Prudente, a realidade não é diferente. Em sete anos, a quantidade de estudantes da EAD cresceu 515,84%. Para se ter uma ideia, em 2012, a cidade contava com 870 alunos na modalidade, já em 2019, o número saltou para 1.749.

Rotina de trabalho e estudo

A oportunidade de flexibilizar os horários de estudos e conciliar com a rotina de trabalho e social fez com que muitos estudantes optassem pela modalidade. Muitos, buscam na educação a distância a oportunidade de conquistar um diploma do ensino superior, conciliando com o dia a dia.

Gabriela Gastardi, aluna do 3º termo do curso de Ciências Contábeis EAD da Toledo Prudente confirma que a oportunidade de organizar o tempo de estudos foi um quesito que a ajudou a decidir pela EAD. A estudante trabalha como auxiliar administrativa na Glencane Bioenergia S.A., uma multinacional.

Conciliar trabalho e estudos não é algo muito fácil. Mas essa comodidade que a EAD proporciona, tem me poupado tempo e energia. Além disso, eu mesma posso estabelecer meus próprios horários para assistir às aulas. Então, posso me formar no curso que eu quero, ganhar meu certificado, e tudo isso, sem precisar sair de casa para estudar”, salienta
— Gabriela Gastardi

A auxiliar administrativa conta que a formação em um curso superior, pela modalidade EAD, pode contribuir com seu crescimento profissional dentro da empresa. “Comecei como aprendiz, no setor da controladoria, direcionada para a área fiscal. Desde então, gostei muito do que fazia e tinha o objetivo de continuar ali. Por isso, achei que fazer um curso superior poderia me ajudar. Após o término do contrato, fui efetivada”, conta.

Acessibilidade na pandemia

Sem ter que estar presente em uma sala de aula, a EAD ganhou ainda mais destaque com o surgimento da pandemia de Covid-19.

Thais Garcia Paes é professora de inglês e coordenadora em uma escola de idiomas. Por conta do cargo de gerência na instituição, a profissional decidiu fazer um curso de Administração a distância.

Por conta da pandemia, a professora tem vivido um desafio de conciliar a rotina da escola com a pessoal. “Cursar uma graduação certamente requer muito equilíbrio, inteligência emocional e disciplina. Eu preciso me superar todos os dias para conseguir ‘dar conta’ do profissional, pessoal e os estudos”.

“O que me motivou estudar na educação a distância foi a acessibilidade. Assistir a aula em um momento em que eu estivesse com mais tempo. Ou seja, eu queria ser livre com poder de escolha”, completa a estudante do 3º termo do curso de Administração EAD da Toledo Prudente.

Ainda com a oportunidade de organizar os estudos, muitos estudantes optam pelas horas vagas ou pelo final de semana, para aproveitar o tempo e se dedicar às aulas e atividades. E, claro, com a EAD, Gabriela pôde se programar.

Gabriela vê na educação a distância a oportunidade de crescer na área — Foto: Cedida

“Estudar em casa exige muita disciplina. Mas com uma boa programação é possível. O melhor horário para mim é à noite, após o serviço. Mas caso falhe em algum dia da semana, por algum imprevisto, tenho a opção de assistir no final de semana. Então não preciso me preocupar com faltas”, salienta.
— Gabriela Gastardi

Vantagem que também contribui com a organização da rotina de Thais. A profissional conta que durante o dia fica totalmente envolvida com os assuntos pedagógicos e administrativos da escola. “Para cada semana existe um planejamento no qual consigo gerenciar melhor os processos de acordo com a prioridade. Após às 18h, eu procuro me dedicar aos estudos. Quando não consigo estudar uma aula em algum dia, eu me planejo para estudar duas em outro. A EAD me ajuda muito nisso!”, conclui.

É nítido perceber que a educação a distância abre portas para muitas pessoas que tinham o sonho em cursar no ensino superior, mas não conseguiam conciliar com a rotina de trabalho e pessoal.

Como ingressar

Para se matricular em uma faculdade EAD você precisa ter o diploma do ensino médio. Existem quatros formas de ingressar em um curso superior: por meio do vestibular, transferência, com um diploma de graduação ou até mesmo, usando a nota do Enem. Se você tem interesse em ser um aluno da educação a distância, saiba mais por meio do site: www.toledoprudente.edu.br/ead .

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

Leia também

Mulher reage a agressão e mata ex-namorado a facadas em Salto

1 de 1 Caso foi apresentado na delegacia de Itu — Foto: Carolina Abelin/TV TEM Caso foi ap…