Diante da gravidade da pandemia do coronavírus e atendendo a todas as determinações para o controle da doença, a Secretaria da Cultura adiou os eventos que estavam programados para serem realizados nos meses de abril e maio. Confira:

• Paixão de Cristo – O espetáculo “Paixão de Cristo”, que seria realizado nos dias 04 e 05 de abril, será adiado para uma nova data a ser definida.   

• Centenário Anselmo Duarte – Todas as comemorações que estavam sendo programadas para os 100 anos de Anselmo Duarte, na semana de 20 a 25 de abril, serão postergadas para outras datas.

• 3º Prêmio de Música ”Canto do Taperá” – Prorrogadas, por tempo indeterminado, as inscrições para o 3º Prêmio de Música “Canto do Taperá”. A Comissão Organizadora segue avaliando os vídeos dos candidatos já inscritos. Os interessados em participar devem realizar a inscrição somente via Internet, através do e-mail: [email protected]; ao qual o candidato deverá enviar os documentos disponíveis no regulamento. A idade mínima para participação é de 14 anos para artista solo; e em caso de duplas, é necessário que um dos candidatos tenha a idade mínima exigida. O regulamento, a ficha de inscrição e a autorização (caso o candidato seja menor), podem ser acessadas no site da Prefeitura de Salto, por meio do link: https://salto.sp.gov.br/wp-content/uploads/2020/01/Regulamento-e-Ficha-de-Inscrição-3º-Prêmio-de-Música-Canto-do-Taperá.docx

• IV Festival de Teatro de Salto – Adiamento do IV Festival de Teatro de Salto, que seria realizado no período de 15 a 24 de maio. Nova data será agendada tão logo a situação se normalize. Ao todo, serão 9 grupos e companhias da cidade que apresentarão novas produções ou releituras de antigas montagens teatrais dos seus repertórios, entre dramas, comédia e lírico. As datas de cada apresentação serão divulgadas posteriormente.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Cultura

Deixe uma resposta

Leia também

Halle Berry rebate críticas ao vídeo de seu filho de 6 anos usando salto alto

Contágio progressivo Infectologista-chefe da Santa Casa de Bagé: “Todo mundo vai ent…