Quer receber as principais Notícias de Salto e região pelo Facebook Messenger? Inscreva-se agora.

A Prefeitura de Salto, realizou na sexta-feira, (28), a cerimônia para entrega de certificados dos alunos da comunidade haitiana do curso de língua portuguesa. Depois  firmar parceria entre a secretaria de Ação Social e Cidadania com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo – Campus Salto o Cras Saltense, território que possui o maior número de haitianos, passou a sediar o projeto do curso de português, para oferecer mais qualidade de vida, dignidade e garantia dos haitianos. O curso teve início em março deste ano, por um período de quatro meses, com a presença efetiva de trinta e dois alunos haitianos. As aulas são ministradas no período noturno, às quartas-feiras, pelo professor e doutor em linguística, mestre e especialista em língua portuguesa, Eli Gomes Castanho, do IFSP. Atualmente, são duzentos e trinta haitianos residentes em Salto. Na ocasião o Prefeito Geraldo Garcia esteve presente e saudou todos os envolvidos no projeto. “Brilhante parceria que proporcionou essa nova história para esses esforçados haitianos. Acredito que essas pessoas, um dia, queiram voltar ao seu país, e se isso acontecer que seja com saudades do Brasil. É muito tocante ver esse povo se desenvolvendo, longe de seu país. Salto é acolhedora.”
O Secretário de Ação Social e Cidadania José Carlos Grigoletto agradeceu o Prefeito pelo apoio desde o primeiro dia de aula no Cras Saltense, acompanhado pela coordenadora, Márcia Binelli. “E motivo de alegria fazer a diferença na vida daqueles que nos pedem assistência. Parabéns a esses novos amigos que hoje recebem o certificado do aprendizado, da dedicação e assiduidade”. A Diretora Geral do IFSP, Karina de Souza, se pronunciou com orgulho e externou seus agradecimentos a todos os envolvidos, em especial ao professor Eli Castanho. “Grande satisfação para nós compartilhar conhecimentos, gerar essa troca. Meus sinceros agradecimentos pelo envolvimento de todos. É um orgulho esta missão.” E aproveitou para anunciar que o IFSP está aberto a novas contribuições.
O vereador Luiz Carlos Batista representou o presidente do legislativo Lafaiete Pinheiro, e também falou importantes palavras de motivação para a comunidade haitiana.

Sobre a comunidade

A comunidade haitiana está presente na cidade de Salto desde o ano 2016 e procuraram os serviços ofertados pelo Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Saltense. Desde então, passaram a participar de reuniões esporádicas formatadas pela equipe, com intuito de orientar e informar o grupo. Em 2017, os encontros aproximaram outros haitianos com a mesma dificuldade de adaptação social, cultural e no trabalho – a comunicação. O francês e o crioulo haitiano são as línguas oficiais do país, além de tantos outros dialetos existentes. O Cras é procurado diariamente por outros haitianos. Uma lista de espera, com cerca de 30 inscritos, aguardam a continuidade do projeto.

Compartilhe esta notícia:






Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

Leia também

Venda de sanduíche neste sábado vai para o Gpaci

O hospital atende a cerca de 300 crianças e adolescentes Acontece mais uma edição do McDia…