Quer receber as principais Notícias de Salto e região pelo Facebook Messenger? Inscreva-se agora.

A menina de dois anos que foi gravemente ferida em ataque de cães em Pará de Minas, Região Centro-Oeste do estado, morreu neste sábado (14). Ela estava internada em Belo Horizonte desde a última terça-feira (10), dia do ataque.

A criança estava internada em estado grave, com ferimentos na cabeça e no pescoço. A família estava no hospital neste sábado (14), mas não quis conversar com a imprensa.

Os pais foram chamados ao Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, em Belo Horizonte, por volta das 11h. A morte foi confirmada no início da tarde. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para ser submetido a exames de necropsia.

A menina foi atacada em casa por dois cães da família, um pit bull e um rotweiller, enquanto dormia. A mãe estava na casa ao lado. Os cães pularam o canil e conseguiram entrar em casa.

Os dois cães foram levados para o Centro de Zoonozes de Pará de Minas. O coordenador de Vigilância em Saúde, Wander da Silva Rodrigues, normalmente, cães envolvidos em ataques ficam recolhidos por dez dias, depois são castrados, chipados e colocados para adoção.

Neste caso, como eles têm dono, a família pode pegá-los de volta. Mas, o pai da criança teria dito, durante a semana, que não ficaria com eles mais.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

Leia também

Moradora de rua que “desfilou” em reportagem do SBT ganha “dia de princesa”

A protagonista de um dos vídeos mais comentados da internet nesta semana (até RuPaul compa…