A crise sanitária que assola o país desde o mês de março de 2020 está em um dos períodos mais críticos, com a elevação rápida do número de casos e mortes, além da lotação das unidades de saúde referentes aos leitos de enfermaria e, principalmente, de UTI.

A situação de Itu não é diferente do restante do país. Desde o início da pandemia, a cidade registrou o pior mês em número de óbitos. No dia 1º de março, o município contabilizava 177 mortes pela doença e 8547 casos de infectados, e passados 30 dias, já são 229 vítimas fatais e 10458 contaminados, um salto de 52 mortes, quase duas mortes por dia.

Com o aumento constante nos números, a Secretaria da Saúde tem ampliado a capacidade de atendimento do Hospital de Campanha e também do Hospital Municipal para atender os pacientes, mesmo assim nas últimas semanas – em alguns dias – as unidades superam os 100% de ocupação, principalmente nas Unidades de Terapia Intensiva – UTI. “O sistema municipal de saúde de Itu se destaca na região por ações antecipadas em relação à evolução da pandemia. Se destacam a criação de 8 leitos de UTI, no início de 2020 no Hospital Municipal (inaugurado durante em fevereiro de 2019, ainda no primeiro mandato deste governo), seguida da abertura do Hospital de Campanha (instalado com apoio da iniciativa privada no prédio da antiga Maternidade Borges – Santa Casa), que hoje, após ampliações (sendo a mais recente realizada ainda neste mês), conta com 44 leitos de enfermaria e 10 de UTI”, explica a Prefeitura que não descarta novas ampliações. “O governo municipal não descarta novas ampliações de leitos e monitora diariamente as taxas de ocupação nos três hospitais da cidade. Mesmo ao atingir 100% de ocupação dos leitos, em alguns momentos, nenhum paciente ficou sem atendimento ou sem leito até a presente data”.Idades – De acordo com os dados estatísticos informados pela Prefeitura na última semana, a cidade registrou óbitos de diferentes idades, sendo que a maioria das vítimas está nas faixas entre 50 e 80 anos. O número de óbitos abaixo da faixa dos 30-40 anos é baixo em comparação às outras idades.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

Leia também

Prefeitura de Salto rescinde contrato com empresa responsável pela Zona Azul na cidade

1 de 1 Prefeitura de Salto rescinde contrato com empresa responsável pela Zona Azul na cid…