Ações de segurança fazem parte do Plano de Contingência para a cidade de Salto

A Prefeitura de Salto deu início à implementação do Plano de Ação Emergencial de barragens, com instalação de placas informativas em diversos pontos do município, como no Parque de Lavras, do Lago, Rocha Moutonnée, Pavilhão das Artes e bairros que beiram o Rio Tietê.
O Plano emergencial atende a Lei Federal nº12.334/2010 e visa orientar os munícipes que residem próximo às áreas de risco de inundação, à exemplo do Rio Tietê, em caso de rompimento das barragens localizadas em Porto Góes e em Pirapora de Bom Jesus.
As placas informam números de telefone para pedir ajuda, além de orientações sobre como proceder caso haja rompimento das barragens e indica local de abrigo. Conforme estudado e planejado, a cidade de Salto definiu que o Ginásio de Esportes “João Sebastião Ferraro” tem estrutura emergencial para acolher os desabrigados. Ao total serão instaladas 50 placas, sendo 25 de pontos de encontro e 25 de alerta. Todas as placas foram fornecidas pela Empresa Metropolitana de Águas e Energia (Emae).
Ainda seguindo as normas do Plano de Ação Emergencial, haverá a instalação de sirene de emergência em pontos estratégicos do município e os setores de segurança municipal, como Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros passarão por um simulado para treinamento em breve.
Importante ressaltar que no momento, as barragens não apresentam risco de rompimento.

Compartilhe esta notícia:





Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Morre Hermes Figueiredo, fundador do grupo dono do Centro Universitário Braz Cubas

Empresário da área educacional faleceu aos 83 anos, vítima de complicações de um câncer, n…