Quer receber as principais Notícias de Salto e região pelo Facebook Messenger? Inscreva-se agora.

O Prefeito Geraldo Garcia, acompanhado do secretário de Governo, Gilmar Mazetto e do secretário de Ação Social e Cidadania, José Carlos Grigoletto, recebeu na tarde desta segunda-feira (1º), o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Salto (CMDM), presidido pela professora Rita Diniz e membros do poder público e sociedade civil. O objetivo do encontro foi debater melhorias que competem a todos os órgãos sobre o atendimento à mulher na Delegacia dos Direitos da Mulher (DDM).
Na ocasião, o presidente da Câmara dos Vereadores Lafaiete Pinheiro, Vinicius Saudino, Luiz Carlos Batista, Márcio Conrado, Cícero Landim também fizeram parte da reunião. Os vereadores Divaldo Aparecido dos Santos “Garotinho”, Antônio Cordeiro dos Santos, membros de uma comissão recentemente formada no Legislativo, estiveram presentes.
O Prefeito Geraldo Garcia, já está empenhado nesta causa de atendimento digno a mulher e apoia a luta apresentada pela presidente do CMDM. “Há tempos buscamos em conversa com o Delegado da Seccional de Sorocaba, Marcelo Carriel, um outro delegado, preferencialmente uma mulher para vir para Salto. Todo o encaminhamento já está em andamento, mas esta união de esforços é muito bem-vinda”, destacou.
Agora, a medida é viabilizar uma reestruturação atual delegacia para melhor atender as mulheres que hoje chegam e precisam de discrição e segurança. “Provisoriamente vamos providenciar essa adequação na atual delegacia e num futuro, com apoio necessário da Secretaria Pública de Segurança, esperamos instalar a DDM em outro espaço.
Na ocasião, o secretário da Ação Social e Cidadania, José Carlos Grigoletto, explicou que “a ideia é oferecer mais dignidade, onde essas mulheres violadas possam se sentir acolhidas, e como as vezes chegam acompanhadas dos filhos que tenham também um espaço adequado ao atendimento. ” E explicou que o apoio para oferecer mais apoio e qualidade de vida às mulheres, reivindicações do CMDM vem ao encontro do objetivo da Secretaria. “Estamos juntos para a realização do Fórum que terá início no próximo mês de agosto e deve finalizar em novembro, junto ao Dia Nacional de Combate a Violência Contra a Mulher.”
Atualmente, a estrutura da Delegacia da Mulher em Salto conta com a três servidoras públicas do município para fazer a parte operacional, incluindo uma psicóloga. Outros dois profissionais do Estado integram a equipe.

Compartilhe esta notícia:






Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

Leia também

Escureceu

Crédito da foto: Emidio Marques / Arquivo JCS (19/8/2019) A semana que termina foi marcada…