A Prefeitura de Salto reforça nesta semana, o trabalho de fiscalização orientativa dos estabelecimentos comerciais em toda a cidade. O objetivo principal é averiguar se os comércios estão cumprindo as exigências estabelecidas pelo protocolo do Plano São Paulo – Fase 1 vermelha. Até o dia 14 de julho, apenas os serviços essenciais podem funcionar, de acordo com o Plano definido pelo Governo do Estado.

A fiscalização orientativa está sendo realizada pelas equipes da Vigilância Sanitária, com apoio da Fiscalização de Posturas e da Guarda Civil Municipal. Durante a abordagem, a ação realiza também a entrega de máscaras faciais à população saltense.

No município, a orientação de fechamento dos serviços que não são considerados essenciais foi decretada no dia 29 de junho, com o retorno da Região de Sorocaba – a qual Salto faz parte – à Fase 1 vermelha.

Os comércios que não forem considerados serviços essenciais e descumprirem a ordem de fechamento, estão sendo notificados e orientados pelos agentes quanto ao cumprimento das normas sanitárias referente a prevenção da disseminação da Covid – 19, principalmente nos estabelecimentos onde a frequência do público é maior.

Até a última terça-feira (7), foram realizadas 269 inspeções e 106 termos de notificação, especialmente para adequação referente ao uso de máscaras por parte de funcionários e consumidores, disponibilização de álcool gel e controle efetivo de frequência dos consumidores, de modo a evitar lotação excessiva do estabelecimento.
Não houve a lavratura de Auto de Infração Sanitária por descumprimento das normativas referente a Covid-19.

Compartilhe esta notícia:





Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

Leia também

Governo de SP se reúne com cidades que registraram salto nos casos de Covid-19

Reprodução Governo de São Paulo vai se reunir com prefeitos de 62 cidades O Governador de …