De acordo com o vice-presidente do sindicato, a entrega dos pães foi suspensa após o ocorrido e uma remessa de bolachas foi enviada ao local

ALAGOAS: Um rato morto foi encontrado em meio aos pães que seriam distribuídos aos detentos do presídio Cyridião Durval, em Maceió, Alagoas, na manhã deste sábado (23).

Em mensagem assinada pelo vice-presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciários de Alagoas (Sindapen-AL), Kleyton Anderson, o sindicato afirmou que o rato foi encontrado entre os pães entregues aos servidores do presídio.

Ainda segundo Kleyton, os pães que chegam ao Sistema Prisional são os mesmos consumidos por servidores e detentos. O Sindapen-AL cobra do Governo do Estado um acordo de pagamento do auxílio alimentação para que o próprio servidor compre sua alimentação.

De acordo com Kleyton, a entrega dos pães foi suspensa após o ocorrido e uma remessa de bolachas foi enviada ao local. A assessoria de comunicação da Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) do Estado informou que vai se posicionar em nota sobre o caso.

Em nota, a Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) informou que está apurando a situação e que, por medida preventiva, suspendeu a distribuição dos alimentos e os substituiu por biscoitos. A Seris diz ainda que cumpre rigorosamente todos os procedimentos necessários de higienização, manipulação e conservação dos alimentos fornecidos no sistema prisional alagoano, reforçando, dessa forma, seu compromisso com a saúde de servidores e custodiados.

Veja a nota da Seris na íntegra.

“A Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) informa já apurar de que forma um roedor fora encontrado, na manhã deste sábado (23), entre os pães que seriam distribuídos a reeducandos do Presídio Masculino Cyridião Durval e Silva, em Maceió.

A suspeita é a de que o animal, que se encontrava morto, tenha acessado o recipiente usado na distribuição do alimento durante o procedimento de contagem dos pães, antes do transporte destes à referida unidade prisional.

Como medida preventiva, o setor de nutrição da secretaria suspendeu a distribuição de todos os pães, substituindo-os por biscoitos, de modo que nenhum reeducando deixou de fazer sua refeição matinal.

Outrossim, a Seris esclarece cumprir rigorosamente todos os procedimentos necessários de higienização, manipulação e conservação dos alimentos fornecidos no sistema prisional alagoano, reforçando, dessa forma, seu compromisso com a saúde de servidores e custodiados”.

Com informações do Portal TNH1/R7.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Motociclista é encaminhado ao hospital com suspeita de fratura na clavícula após acidente na SP-75

Um motociclista ficou ferido no início da tarde de terça-feira (3), após acidente de trâns…