Moradores do Jardim Saltense sofrem com despejo irregular de entulhos
Contêineres já foram retirados da esquina por mau uso e pessoas insistem em jogar entulho no local

Quem mora no Jardim Saltense, na Rua André Telha, convive com uma ameaça silenciosa.
Ameaça praticada por irresponsáveis que jogam seus entulhos de forma errada e ajudam a propagar doenças como dengue e animais peçonhentos.
Enquanto a gente teme o avanço do coronavírus, tais pessoas irresponsáveis parecem pouco se lixar com o vizinho, com o próximo e com a própria saúde.
Decerto quem despeja tantos entulhos e lixo na referida via, como mostra as fotos da leitora enviada ao Blog, não sabe que:
– A enchente que atinge casas e destrói tudo é ampliada por entulho e lixo irregulares;
– Animais peçonhentos ou que trazem riscos ao ser humano, como ratos, aranhas, cobras, insetos, se proliferam em meio a esse lixão;
– Recipiente com água parada é festa para o mosquito que transmite a dengue, a chikungunya e a zika.

E depois a culpa é do papa por alguém ficar doente. E olha que a dengue mata muito mais que o coronavírus no Brasil.
– Bairros com “lixões a céu aberto” acabam tendo seus imóveis desvalorizados.
Seja um bom cidadão: Viu um despejo irregular de entulho ou lixo, denuncie à prefeitura, anote a placa do automóvel e repasse ao 156 para ser autuado.

Vai descartar o entulho? Procure os ecopontos que têm pela cidade. Seja inteligente!
Ligue 0800-940-3203 e informe a CSO para a retirada do lixo irregularmente despejado.
Clique aqui e visite a página da empresa responsável pela limpeza urbana em Salto.
Já abordamos os lixões por ai. Veja essa reportagem clicando aqui.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

Leia também

Depois de mais de 220 dias fechado, Cine Plaza Itu reabre nesta sexta-feira

Salas serão reabertas após mais de 220 dias (Foto: Arquivo) Depois de mais de 220 dias fec…