Paulista

Segundona: FPF avalia infraestrutura para retorno do futebol em Salto

No dia 14 de agosto (sexta-feira), um engenheiro da FPF esteve no estádio para avaliar a infraestrutura.

Publicado em 27/08/2020
por Agência Futebol Interior

Salto, SP, 27 (AFI) – Antes de tudo, o projeto para retomar o futebol profissional é uma realidade. A utilização do nome da Saltense é um planejamento que partiu da diretoria do Projeto Futuro em conjunto com empresários da região.

Para dar seguimento ao plano, foi necessário solicitar um pedido de concessão junto à presidência do clube por um período de 20 anos. A permissão passará por voto no conselho deliberativo no dia 13 de setembro (domingo). As propostas foram enviadas e, em caso de aprovação, a empresa garante os direitos federativos durante o tempo vigente.

SITUAÇÃO NA FEDERAÇÃO PAULISTA DE FUTEBOL(FPF)

O último registro profissional da Saltense foi em 2008. São 12 anos sem atividades esportivas e financeiras. Portanto, será preciso cadastrar uma nova filiação na Federação Paulista de Futebol no valor de R$ 800 mil. Essa e as demais pendências estão sendo tratadas pelo departamento jurídico do projeto. De acordo com o departamento, contatos já foram feitos com os representantes da FPF e as negociações avançaram.

ESTÁDIOS

O projeto pretende utilizar o Estádio Municipal Amadeu Mosca como a sua casa na próxima temporada. O local foi reformado e entregue recentemente pelo governo municipal.

No dia 14 de agosto (sexta-feira), um engenheiro da FPF esteve no estádio para avaliar a infraestrutura. E outras dependências.

Apesar dos elogios, algumas situações precisam ser resolvidas como a condição do gramado, instalação de novas salas operacionais e melhorias no acesso do público. A diretoria está providenciando meios para atender todas as demandas.

O objetivo é sediar a Copa São Paulo de Futebol Júnior em 2021 e jogar o profissional na Segunda Divisão do Campeonato Paulista.Já no Estádio Alcides Ferrari (Saltense), a empresa investiu em pintura da arquibancada, construção de alambrado, melhorias nos vestiários e manutenção do campo de jogo.

Mais melhorias serão realizadas no local que vai receber a categoria de base a partir do sub-11.

Ainda não há informações sobre o custo total das obras. Os laudos conclusivos serão enviados pela Federação Paulista de Futebol até o fim desta semana.

SOBRE O PROJETO

O Projeto Futuro nasceu em 26de fevereiro de 2020 (quarta-feira) por meio de uma iniciativa de seis empresários e através do futebol tem como principal objetivo, transformar a vida de jovens promovendo integração, aprendizado, disciplina e respeito ao próximo.

O projeto também resgatará a história futebolística da cidade e região, que vinculará a Associação Atlética Saltense, fazendo uso de suas estruturas em uma atuação de parceria com o clube da cidade. Atualmente, o projeto é apoiado por três parceiros fixos: Eleve Suplementos, JD e Loja da Kebrada

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

Leia também

O salto digital e quântico do Bradesco

A calça jeans e a camisa polo preta com um logotipo estampado na altura do peito não costu…