decisão dos vereadores de adiar votações irritou trabalhadores do serviço público

A direção do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Salto encaminhou ao blog uma nota de repúdio ao ato dos vereadores de adiarem a votação dos projetos de lei que concederiam aumento salarial e aprovariam o acordo salarial dos servidores.

Em nota, o sindicato diz que “de forma unilateral, a Administração determinou, ontem dia 24/03/2020, a retirada do Projeto de Lei que tratava da revisão salarial anual aos servidores da Prefeitura e Autarquia SAAE previsto para apreciação e votação na sessão (terça feira, 24) da Câmara Municipal. Diante desta informação, passada a Diretoria do sindicato em reunião ocorrida ontem no final da tarde, DEMONSTRAMOS PROFUNDA INDIGNAÇÃO E REPÚDIO E REFORÇAMOS QUE NÃO CONCORDAMOS COM TAL POSTURA E ATITUDE”.

Veja a nota completa:

A Câmara, em informe de sua assessoria, afirma que a medida tomada visava cumprir o decreto de quarentena na cidade de Salto.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

Leia também

Pastor Weber Gusmão, da Igreja Batista Manancial, fala ao Blog do Nelson Lisboa

Pastor com a esposa e filhos: “Desafio você a se posicionar verticalmente e buscar a vonta…