O indicador IMEA encerrou o ano registrando alta de 65,75% no preço da saca da soja no Estado, ante o ano passado, cotado a R$ 111,06/ saca na média anual, o que é patamar recorde. Recentemente, a soja disponível no Estado chegou a R$ 170. Dentre os principais motivos para o salto, se encontram a valorização do dólar, altas em Chicago e fortes demandas interna e externa, informa o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária, no último boletim semanal.

O prêmio para a soja no porto de Santos (SP) acumulou alta de 50,51%, movida pela forte procura pela soja brasileira em 2020.

Os preços atrativos observados no decorrer do ano para os subprodutos fizeram com que o esmagamento acumulasse alta de 5,23% ante o ano passado, totalizando 9,65 mil toneladas até novembro.

A alta nos preços, atrelada à forte demanda pela soja neste ano, fez com que a área plantada estimada apresentasse avanço de 3,21% em relação ao ano passado, informa o IMEA, no último boletim do ano da soja.

Só Notícias (foto: arquivo/assessoria)

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

Leia também

Notícia Anterior Itupeva perde o Vereador Salvador Philomeno

Infelizmente, nesta sexta-feira, 11, Itupeva perdeu o Vereador Salvador Philomeno, aos 85 …