Quer receber as principais Notícias de Salto e região pelo Facebook Messenger? Inscreva-se agora.

Quando se fala em escolher uma profissão, muitas pessoas focam naquilo que elas têm de melhor, ou seja, os talentos e interesses pessoais. No entanto, há aqueles profissionais que preferem investir em uma profissão que garanta bons salários e sucesso profissional do que em algo que poderia ser a vocação.

Diante dessa situação, fica o questionamento: o que é mais importante — fazer o que gosta ou garantir um bom emprego? Afinal, muitas vezes não é possível ter os dois ao mesmo tempo. Ou será que é?

Se você também tem essas dúvidas, leia este artigo agora mesmo! Com ele você vai entender um pouco mais sobre o conflito entre vocação e mercado de trabalho e descobrir qual profissão escolher levando em conta esses dois elementos.

O que significa vocação?

Quando se fala em vocação, diversos outros conceitos relacionados podem vir à tona — dom, motivação, habilidades, potência, entre outros. Isso porque, inicialmente, a vocação era associada com algo divino, inato, uma habilidade para determinada atividade que os indivíduos carregavam desde o berço.

Atualmente a história é diferente. Hoje sabe-se que as pessoas têm propósitos e habilidades específicas que são mais desenvolvidas do que outras. Entretanto, também têm uma série de interesses e motivações para a realização de determinadas atividades, que vêm tanto de características inatas quanto de construções sociais.

Dessa forma, a vocação é esse conjunto de atividades que despertam o seu interesse e com as quais você é capaz de colocar em prática todo o seu potencial. É uma tendência para determinadas tarefas e profissões que deve ser levada em conta na hora de definir qual curso você vai cursar durante a graduação.

Por um lado, seguir esse caminho pode ser extremamente vantajoso. Isso porque, quando você segue a sua vocação, gera mais e melhores resultados, além de investir em algo que traz realização pessoal. Ou seja, a satisfação com o trabalho e a qualidade de vida ganham nesse aspecto.

É preciso considerar que se esse for o único foco da decisão, você corre o risco de escolher uma carreira que oferece baixos salários ou poucas oportunidades, o que pode comprometer o seu sucesso profissional.

E mercado de trabalho, o que é?

Outra questão que influencia diretamente a escolha de uma série de profissionais é o mercado de trabalho. Isso porque existe uma série de tendências e especulações acerca das profissões e atividades que serão mais valorizadas no futuro, para as quais existirão mais oportunidades.

Isso significa que o mercado de trabalho é, basicamente, esse conjunto de oportunidades que surgem ao longo do tempo. Ele é influenciado pelas tendências tecnológicas, situação econômica do país e do mundo e nichos de mercado que surgem ao longo do tempo. Além disso, a situação das empresas e o tipo de negócio que está presente no país também influencia diretamente o mercado de trabalho.

Optar por profissões em alta no mercado resulta em uma série de benefícios, como a garantia de emprego e maiores salários. Mas quando isso está desconectado com o que motiva você e atende os seus interesses, a escolha pode gerar diversos problemas, como estresse, insatisfação profissional e, como consequência disso, baixa qualidade de vida.

O que levar em conta na hora de escolher um curso de graduação?
Diante desses dois elementos extremamente importantes para a escolha de um curso de graduação, fica a dúvida: afinal, o que levar em conta na hora de tomar essa decisão? Continue a leitura e descubra alguns pontos essenciais desse processo.

Entenda seu perfil profissional

Entender quais são as principais características do seu perfil profissional e conectá-las aos possíveis ambientes de trabalho é essencial para tomar uma decisão assertiva sobre o seu futuro profissional. Portanto, procure formas de identificar quais tipos de atividade despertam seu interesse e qual a modalidade de trabalho ideal para você.

Tenha atenção às tendências de mercado

O mercado está em constante mudança e isso faz com que as profissões sejam renovadas, gerando novas oportunidades constantemente. Por isso, na hora de escolher um curso de graduação, é importante se informar sobre quais são as tendências para os próximos anos e como aproveitá-las da melhor forma.

Saiba quais são seus objetivos profissionais

É recomendado ter objetivos profissionais a curto, médio e longo prazo. São eles que direcionam a sua carreira e conquistá-los é o que gera satisfação e sentimento de realização. Portanto, tente se imaginar em 2, 5 e 10 anos e entenda quais são os seus objetivos para esses momentos da vida.

Descubra seus talentos

Os seus talentos são o que você tem de melhor e é a partir deles que você gera os melhores resultados. Portanto, invista em autoconhecimento e descubra quais são os seus talentos e habilidades e como colocá-los em prática por meio de uma formação profissional.

Como garantir o equilíbrio entre vocação e mercado de trabalho?
Não existe uma fórmula perfeita, capaz de resolver a decisão de qual é a melhor profissão para você. De fato, o equilíbrio entre a sua vocação e as tendências e exigências do mercado de trabalho pode ser a melhor opção para potencializar o seu sucesso.

Portanto, comece entendendo o seu propósito e o valor que você quer gerar para o mundo com o seu trabalho. Em seguida, relacione essas informações com os dados do mercado na atualidade e as tendências para o futuro. Ou seja, busque conciliar o que a sociedade precisa com o que você quer fazer.

Dessa forma, é possível tomar uma decisão assertiva sobre qual curso de graduação proporciona essa conciliação para você. Além disso, você é capaz de dar o melhor de si e trabalhar com muito mais qualidade de vida, gerando valor para a sociedade ao seu redor.

Saber qual profissão escolher  é um dos maiores desafios na vida de um profissional. Apesar de não existir uma fórmula única para a tomada dessa decisão, é necessário conciliar as exigências do mercado de trabalho com seus interesses e talentos, com o objetivo de garantir que o curso de graduação escolhido seja o melhor para você.

Gostou do artigo? Então aproveite para compartilhar este conteúdo nas suas redes sociais e ajude amigos a tomar essa decisão com consciência!

Fonte: Blog Carreiras

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

Leia também

Moradora de rua que “desfilou” em reportagem do SBT ganha “dia de princesa”

A protagonista de um dos vídeos mais comentados da internet nesta semana (até RuPaul compa…