Guilherme Del Campo
Cadeira nº 11 I Patrono  Mario de Andrade

Vivemos tempos difíceis, bicudos. Estamos fartos de notícias falsas que só nos alardeiam e nos colocam numa posição defensiva,incitando mil preocupações, levando-nos a desenvolver temores infindáveis: – Será isso verdade?

Detectamos uma indústria de fake news, sem falar na manipulação das redes sociais a nos atormentar com negativismos sem limites, provavelmente originários do “gabinete do ódio” ou paralelo, que nem sabemos se existem. Notícias maléficas e tendenciosas que só têm um único objetivo, causar dúvidas e inquietações à nossa população, semeando insegurança e a perda da confiança em nossas instituições.

Agride-se o Congresso Nacional, através do Senado e da Câmara dos Deputados, o Supremo Tribunal Federal e seus magistrados, a PGR,entre outras.

Em plena crise da Pandemia, registra-se o fenômeno da corrupção entre aqueles que deveriam nos defender e proteger deste flagelo mundial. Registram-se desvios de verbas destinadas a combater a Covid-19 em proveito próprio, inclusive de leitos e respiradores, tão necessários, numa atitude desonesta e criminosa. Divulga-se que o uso das máscaras, tão importantes para evitar a propagação do vírus,de nada adianta e que as vacinas são uma mentira e de efeito duvidoso. Pior, ainda prescrevem o uso do kit Covid! A verdade é que com o aumento da vacinação houve enorme decréscimo de infectados, de internações e de óbitos, inclusive o uso das máscaras reduziu a disseminação da gripe.

Não bastam as altas taxas de desemprego, dos milhões de desalentados, o bolsão de miséria e o estratosférico reajuste dos combustíveis e do gás de cozinha,entre outras mazelas, elevando sobremaneira os índices inflacionários e  piorando a situação.

As eleições previstas para 2022 colocam-nos num dilema, votar em candidatos da extrema esquerda ou direita, daqueles que dilapidaram nossas estatais e outros que se esqueceram de governar o país e ainda querem nos levar para uma ditadura, em prejuízo das nossa instituições, perpetuando a miséria,  além de nos expor ao ridículo perante o mundo.

Foi com enorme tristeza e preocupação que assistimos a população pobre vasculhando o lixo ou conseguindo ossos para tentar fazer uma simples sopa. Precisamos de um candidato honrado e com elevado espírito público que resgate o orgulho de sermos brasileiros,e que trabalhe consolidando a democracia.

Isso sem contar com a volta da inflação de dois dígitos, depois do sucesso do Plano Real, penalizando ainda mais a classe trabalhadora e os pobres, com a elevação das taxas de juros, do IOF, da maldita tabela do Imposto de Renda, dos combustíveis, corroendo ainda mais os aposentados e pensionistas do INSS.

Mas que diabos, nossos conterrâneos vão continuar votando nas velhas raposas, nos velhos caciques corruptos, nos verdadeiros paquidermes que se eternizam no poder e que somente movimentam-se em benefício próprio?

Muda Brasil!!!

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Oportunidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Conquistas das equipes do Ituano ganham exposição comemorativa

Celebrando as conquistas dos atletas das equipes de Futebol e Basquete Feminino do Ituano,…