A diretoria regional da Apeoesp de Salto e Itu protocolou nesta quinta-feira, 18, na Diretoria Regional de Ensino e também no Ministério Público, um ofício com denúncias que precisam ser apuradas pelo órgão estadual e pela Justiça, envolvendo a atual política de prevenção à Covid-19 nas escolas.

A entidade sindical afirma ser contra o retorno das aulas presenciais, pede o fim da pressão e assédio moral sobre professores e os sindicalistas, para que “encubram” ou “aceitem” a política atual de esconder o problema.

Segundo denúncias apuradas, a maioria das escolas públicas da regional de Itu não possuem condições e nem funcionários minimamente suficientes para poder enfrentar a pandemia do novo coronavírus, colocando em risco funcionários, professores, alunos e a comunidade.

A Apeoesp diz que na maioria das escolas o protocolo proposto de segurança não é cumprido, razão pela qual pede a investigação e o posicionamento oficial do Ministério Público.

Foi apurado que falta funcionários para cumprir o protocolo, como medir a temperatura dos que adentram às escolas, que os equipamentos de medição estariam desregulados ou travados, que funcionários da limpeza estariam fazendo a medição de temperatura e deixando de cumprir com a limpeza.

A entidade informa ao MP, assim como à Diretoria Regional de Ensino, que “haveria uma ordem informal” nas diretorias de ensino, para que se omita dados importantes da Covid-19, como de pessoas com sintomas e que professores com sintomas suspeitos estariam trabalhando normalmente com as crianças e os pais, porque estariam “cumprindo ordem superior para não causa alarde a respeito da possibilidade de contaminação da Covid-19”.

Deputada

A deputada estadual do PSOL, Mônica Seixas, acompanhou a dirigente regional da Apeoesp, Rita Diniz, na entrega do ofício à diretora regional de Ensino de Itu, Josimarie Júlio.

A deputada ficou de levar o teor das denúncias da entidade sindical dos professores para a Assembleia Legislativa nos próximos dias.

Informações: APEOESP Foto: Divulgação

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Região

Deixe uma resposta

Leia também

Mulher reage a agressão e mata ex-namorado a facadas em Salto

1 de 1 Caso foi apresentado na delegacia de Itu — Foto: Carolina Abelin/TV TEM Caso foi ap…