Quer receber as principais Notícias de Salto e região pelo Facebook Messenger? Inscreva-se agora.
Pedestres e motoristas têm dificuldade de chegar ao local
Artesp diz que fará vistoria para melhorar acesso ao novo Hospital Regional
Falta passarela para pedestres e acesso direto para os veículos na Raposo Tavares. Crédito da foto: Fábio Rogério (12/9/2019)

A Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) anunciou ontem que na próxima semana irá fazer uma vistoria geral no trecho do quilômetro 106 da rodovia Raposo Tavares (SP-270), que fica na lateral do Hospital Estadual de Sorocaba Adib Domingos Jatene, também conhecido como Novo Hospital Regional. O objetivo é verificar melhorias que possam ser feitas na sinalização e acessibilidade ao hospital.

Após um ano e cinco meses da inauguração da unidade de saúde, o trecho da rodovia continua como antes, oferecendo risco a quem precisa de atendimento no hospital. Quem vem de outra cidade de ônibus, desce na rodovia e precisa atravessar a pista para poder chegar ao destino, além de ter de caminhar por cerca de 300 metros. A passarela que tinha sido anunciada ficou só no papel.

Leia mais  Rua no Jardim São Conrado terá mão de direção alterada em Sorocaba

Já quem vem de outros municípios de carro, ao invés de poder entrar direto no hospital, precisa seguir até o quilômetro 101 da rodovia (no acesso para o Ceagesp) para fazer um retorno. Isso porque na frente da unidade de saúde tem um trecho de pista que foi fechado. De acordo com a Artesp, “a referida alça está bloqueada por questões de segurança, pois motoristas vinham fazendo conversão irregular para acessar o hospital”.

Com relação à passarela, não existe uma data, um prazo e nem se sabe se as obras de fato serão realizadas algum dia. Isso porque, conforme informações divulgadas pela Artesp, o contrato de concessão da ViaOeste prevê um “gatilho” que torna obrigatória a construção de passarela em trechos onde há registro de travessia de 80 pedestres por hora e local ainda não conta com esse fluxo.

Leia mais  Motorista é detido por porte ilegal de arma em rodovia de Piedade

A dificuldade de acesso ao hospital vem se arrastando desde a inauguração, em abril do ano passado. Em matéria publicada no dia 28 de julho de 2018, pelo jornal Cruzeiro do Sul, o governo do Estado tinha afirmado que iria conversar com todas as áreas envolvidas na questão para encontrar meios de viabilizar um novo acesso ao hospital. Mas nada foi feito. (Daniela Jacinto)

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Região

Deixe uma resposta

Leia também

Urbes altera cartões do transporte público de Sorocaba

Cartões da família “Com Você” serão substituídos gradativamente por novos cada…