Para protestarem contra a determinação do governador do Estado de São Paulo, João Doria, em classificar a região na fase vermelha do Plano São Paulo, obrigando o fechamento dos estabelecimentos comerciais e de serviços, dezenas de comerciantes e empresários foram, em carreata, até a Prefeitura de Itu na tarde de hoje.

Com buzinaço e cartazes com dizeres como “Não podemos fechar, temos contas para pagar”, eles se reuniram no Paço Municipal mas não foram recebidos por ninguém.

Sem citar a carreata, o prefeito colocou em seu perfil nas redes sociais que  participou, no mesmo horário do protesto, de uma reunião oficial da Região Metropolitana de Sorocaba para discutir  sobre a fase vermelha do Plano São Paulo.

“A progressão de fase dentro do Plano SP somente poderá ser obtida com o aumento de leitos de UTI e as cidades da região devem concentrar os seus esforços neste sentido. Dentro desta perspectiva, Itu já ampliou, nos últimos dias, 10 leitos UTI Covid na Santa Casa, mais 04 leitos de UTI no Hospital de Campanha (chegando em 10 leitos), além dos 08 leitos de UTI disponíveis no Hospital Municipal. Todos atendendo exclusivamente o SUS. Estamos fazendo a nossa parte, é importante que cada um siga colaborando.”, escreveu.

Um novo protesto está marcado para acontecer amanhã, dia 26, com saída às 10h de frente do Hipermercado Extra até a Prefeitura. Os organizadores pedem que os participantes levem faixas com frases: Nos recusamos; Queremos trabalhar; Não somos os culpados; Todo trabalho digno é essencial e Cadê nossos representantes.

Reclassificação

O prefeito de Salto, Laerte Sonsin, postou um vídeo hoje à tarde ao lado do prefeito de Sorocaba, Rodrigo Manga, em que afirmou que a expectativa é que haja implantação e recontagem de leitos de UTI na região, e com isso a  reclassificação para a fase laranja do Plano SP até sexta-feira.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Região

Deixe uma resposta

Leia também

Prefeitura de Salto rescinde contrato com empresa responsável pela Zona Azul na cidade

1 de 1 Prefeitura de Salto rescinde contrato com empresa responsável pela Zona Azul na cid…