Com o aumento das contaminações, internações e mortes por Covid-19 em todo o estado, o governador João Doria deve anunciar medidas ainda mais restritivas para tentar conter o avanço da segunda onda do coronavírus.

O Estado pode ir para uma nova fase do Plano SP, a roxa,  que seria ainda mais restritiva que a vermelha, na qual todas as regiões paulistas se encontram.

Nesta nova etapa, a abertura de serviços considerados essenciais, como postos de gasolina, supermercados e padarias, teria limitação de clientes e os estabelecimentos precisariam funcionar com horários reduzidos. Além disso, igrejas e escolas ficariam impedidas de abrir.

Outra medida estudada pela gestão é a paralisação do Campeonato Paulista de futebol, solicitado pelo Ministério Público de São Paulo. A  Federação Paulista de Futebol é contra. Segundo dados do governo estadual, as taxas de ocupação dos leitos de UTI são de 82,8% na Grande São Paulo e 82% no Estado. O número de pacientes internados é de 20.314, sendo 11.342 em enfermaria e 8.972 em unidades de terapia intensiva

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Região

Deixe uma resposta

Leia também

Mulher reage a agressão e mata ex-namorado a facadas em Salto

1 de 1 Caso foi apresentado na delegacia de Itu — Foto: Carolina Abelin/TV TEM Caso foi ap…