Desde a Santa Casa de Itu, oficialmente inaugurada em 1867, cidade não contava com hospital próprio

A inauguração do Hospital Municipal Dr Emilio Chierighini, no próximo dia 2 de fevereiro, como parte das comemorações do 409º aniversário de Itu, pode ser considerada uma das ações mais significativas do governo Guilherme Gazzola na área de saúde pública na cidade. “O Hospital Municipal promoverá uma mudança histórica no atendimento de saúde em Itu”, destaca o prefeito Guilherme Gazzola.

O equipamento, que dispõe de 42 leitos (entre enfermaria clínica, centro cirúrgico com duas salas, recuperação pós-anestésica e unidade de cuidados intensivos), é o primeiro hospital municipal após o término do funcionamento da Santa Casa de Misericórdia de Itu, modelo de atendimento em séculos passados.

Fundado pela Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Itu em 1840, o Hospital São João de Deus (conhecido como Santa Casa) foi inaugurado solenemente em 1867. No período de 1991 a 2003, a Santa Casa de Itu permaneceu sob intervenção do Governo do Estado. Em 2003, a Sanatorinhos Ação Comunitária de Saúde assumiu a terceirização da gestão e, desde 1º de novembro de 2009, a mesma está sob responsabilidade da Sociedade Beneficente São Camilo.

O Hospital Municipal, inaugurado pela atual gestão, está instalado na Rua Convenção, 550, Vila Nova, e conta com estrutura para realizar cirurgias de baixa e média complexidades que, atualmente, são feitas pelo Governo do Estado. As primeiras cirurgias estão previstas para o mês de fevereiro.

De acordo com informações da Secretaria de Saúde de Itu, a equipe de Central de Vagas contatará as pessoas que aguardam pelas cirurgias que, a partir de agora, serão realizadas no Hospital Municipal. Assim que contatados, os pacientes serão submetidos à triagem para exames pré-operatórios e avaliação anestésica e, então, ocorrerá o agendamento das cirurgias.

A secretária municipal de Saúde, Janaina Guerino de Camargo, destacou que com a inauguração do Hospital Municipal garantirá expressiva redução da demanda gerada por cirurgias de baixa e média complexidades. “Os investimentos visam aprimorar cada vez mais o atendimento de saúde municipal em Itu. Das Unidades Básicas de Saúde, que são locais para prevenção de doenças e acompanhamento periódico; passando pelo Ambulatório de Especialidade Médicas (AEM), que em 2018 foi transferido para um prédio com melhores condições físicas; ao Hospital, que permitirá agilizar a realização de cirurgias de baixa e média complexidades; é possível verificar a preocupação da atual gestão com a qualidade de vida da população ituana”, afirmou.

Em breve também funcionará, nas dependências do Hospital Municipal, um Centro de Diagnósticos equipado com Tomógrafo, Raio X Digital e Ultrassom, todos equipamentos novos e com tecnologia de ponta.

Artigos relacionados
Carregar mais por admin
Carregar mais em Região

Deixe uma resposta

Leia também

Curso de Fisioterapia do Ceunsp participa da Long Ride Spinning.

No próximo dia 06/07, o curso de Fisioterapia do CEUNSP, participará da competição de Bike…