Parceria da ONG João de Barro com a empresa Scotch-Brite dá nova vida as esponjas de louça usadas.

Se você já lavou louça alguma vez, sabe que a esponja tem um tempo de vida curto, cerca de um mês. Depois vai para o lixo, isso todo mundo sabe, mas você sabia que ela demora até 90 anos para se descompor? Ou seja, os restos da primeira esponja que você usou na vida ainda estão em algum aterro sanitário.

Pensando na quantidade de esponjas que são descartadas anualmente e no impacto que isso causa no meio ambiente, a ONG João de Barro trouxe para Itu o Programa Nacional de Reciclagem Scotch-Brite.

“Desenvolvida pela 3M em parceria com a TerraCycle, a iniciativa é a única no mundo a oferecer um novo destino para esponjas de limpeza doméstica usadas e tem como objetivo conscientizar a população sobre as causas ambientais”,  conta Diana Galvão, presidente da ONG.

A população pode levar até a sede da entidade as esponjas de limpeza doméstica usadas, de qualquer marca e tamanho, para fazer o descarte ambientalmente correto. A equipe da ONG João de Barro será responsável por recolher os produtos e enviá-los para o local onde as esponjas serão transformadas em matéria-prima chamada Pellet, posteriormente utilizada para fabricar novos itens de plástico, como baldes, lixeiras e pás de lixo.

A Ong fica na Rua Convenção, 114, Centro, Itu. Aberto de segunda a sexta, das 8h as 18h.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Região

Deixe uma resposta

Leia também

Assalto a carro-forte, três mortos e 300 quilos de drogas – ocorrência histórica completa 22 anos em Indaiatuba

INDAIATUBA – Um dia que a cidade jamais esquecerá. Muita ganância, dinheiro, drogas e…