Quer receber as principais Notícias de Salto e região pelo Facebook Messenger? Inscreva-se agora.
Exposição de Produtos Agrícolas de Piedade (Expap) acontecerá nos dias 4, 5 e 6 de outubro, na Praça de Eventos
Piedade terá festa da Alcachofra e Morango de 4 a 6 de outubro
Marco Dottore (ao centro), do Conselho de Administração da FUA, recebeu o prefeito de Piedade, José Tadeu de Resende (direita) e seu assessor Jaderson Alves. Crédito da foto: Ednilson Jodar Lopes (20/9/2019)

A Exposição de Produtos Agrícolas de Piedade (Expap) acontecerá nos dias 4, 5 e 6 de outubro, na Praça de Eventos do município. A entrada é gratuita e neste ano a Prefeitura uniu Expap e Festa da Alcachofra e do Morango em um evento que tem como atrações principais a exposição de hortifrutigranjeiros, produtos voltados à agricultura e o melhor da gastronomia local. Segundo o prefeito José Tadeu de Resende (PSDB), são esperados dez mil visitantes durante os três dias de festa.

Leia mais  Atletas sorocabanos são campeões em Piedade

No dia 4, sexta-feira, a festividade começará às 18h. Nos dias 5 e 6, sábado e domingo, a partir das 10h. Após a exibição, todos os produtos da festa serão vendidos e o dinheiro arrecadado será destinado à Santa Casa de Misericórdia de Piedade. Já a praça de alimentação é destinada a entidades assistenciais do município e serve pratos elaborados com alcachofra e morango. “É uma festa linda, que nós já retomamos no ano passado e para este ano decidimos unificar as comemorações e assim a população é a principal beneficiada. Esperamos receber visitantes de toda a região”, destaca Resende.

Segundo a Secretaria de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, Piedade é o município com maior cultivo de alcachofra do Brasil. Com aproximadamente 15 produtores e 120 hectares de área plantada, a estimativa de produção para este ano é de 300 mil caixas da fruta, muito usada na alta gastronomia.

Em visita ao jornal Cruzeiro do Sul, onde foi recebido por Marco Aurélio Laham Dottore, do Conselho de Administração da Fundação Ubaldino do Amaral (FUA), Resende destacou que Piedade é uma das maiores no cultivo de morango do Estado de São Paulo. Há, em média, 100 hectares de área plantada e 350 produtores. A previsão para este ano é de 3.200 toneladas da fruta. “Diariamente produzimos mil toneladas de frutas, verduras e legumes, que abastecem todo o Estado”, disse. Resende afirmou que Piedade é a maior no setor de hortifrútigranjeiro na Região Metropolitana de Sorocaba (RMS) e a quinta no Estado.

Atrações

De acordo com Resende, além de morango e alcachofra, cerca de 160 produtos como folhosas, flores e hortifrúti estarão disponíveis nos três dias de festa. “Neste ano, a exposição de peixes é um diferencial. É importante mostrar a produção do município”, ressalta. A festa também conta com expositores de empresas que trabalham com revenda de produtos voltados à agricultura, como maquinários, insumos e implementos.

O evento terá atrações turísticas e culturais. Shows e espetáculos de dança foram confirmados pela Diretoria de Cultura de Piedade que abriu espaço para artistas locais. Haverá ainda um posto de informação turística. A festa conta ainda com feira de artesanato e o concurso gastronômico realizado com apoio da Etec Piedade. A Praça de Evento fica na rua Benjamim da Silveira Baldy. Mais informações: (15) 3344-2205.

Vias municipais foram recapeadas

Um problema que incomodava muitos moradores de Piedade era a situação de ruas e estradas vicinais. Segundo o prefeito José Tadeu de Resende (PSDB), recentemente ocorreu a conclusão das obras de recapeamento realizadas em seis bairros rurais do município: Vila Élvio, Oliveiras, Furnas, Ciriaco, Jurupará e Leites. Segundo a administração municipal, os trabalhos foram executados em mais de 26 quilômetros de vias municipais.

De acordo com Resende, o problema já existia antes de sua gestão e ao assumir a prefeitura estabeleceu o recapeamento como uma das prioridades. “São importantes vias utilizadas para o tráfego de veículos de passeio, transporte escolar e, principalmente, de caminhões que transportam grande quantidade de produtos agrícolas para centros de entrepostos em todo país”, destaca.

De acordo com informações da Prefeitura, as estradas nunca haviam recebido serviços de recapeamento. “As vias recebiam apenas operação tapa-buraco que além do elevado custo para o município, não solucionava os estragos do pavimento”, disse o vice-prefeito Júnior JK. Segundo Resende, as obras foram feitas com crédito de R$ 5 milhões da Caixa Econômica Federal.

O prefeito disse ainda que há garantia do serviço prestado e se algum trecho de estrada recentemente recapeada estiver danificado, a empresa será notificada para realizar reparos na via. Destaca, ainda, que pequeno trecho na Vila Moraes também será recapeado após o local receber serviços de linhas de esgoto que estão sendo executados pela Sabesp.

Moradores da área central do município também serão beneficiados com obras de recapeamento nas ruas Atílio Tardelli, 21 de Abril, Via Antônio Leite de Oliveira e trecho da Benjamin da Silveira Baldy. Os trabalhos serão financiados com recursos de R$ 500 mil viabilizados por meio de emenda parlamentar do deputado federal Vitor Lippi (PSDB), informou o prefeito. (Larissa Pessoa)

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Região

Deixe uma resposta

Leia também

Moradora de rua que “desfilou” em reportagem do SBT ganha “dia de princesa”

A protagonista de um dos vídeos mais comentados da internet nesta semana (até RuPaul compa…