O prefeito Guilherme Gazzola postou, nesta quarta-feira (24), um documento em sua página no Facebook em que diz que “na manhã de hoje, a Prefeitura de Itu notificou a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Itu sobre graves erros e omissões na prestação de contas do último ano (2020) que podem acarretar a perda do patrimônio e até ocasionar o fechamento do Hospital Santa Casa de Itu. “

Continua a postagem: “Na referida notificação reiteramos o andamento de um Inquérito aberto pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) sobre o tema bem como estamos alertando os membros da entidade sobre as ações no mínimo suspeitas do provedor Raul de Paula Leite.”, diz o texto, que termina com a frase: “A aprovação das contas seria uma tragédia para a história da saúde de Itu.”

No ano passado, o prefeito também disse que pediria para a Gaeco investigar a Irmandade. Segundo o vice provedor Renê Paschoal Liberatore a Gaeco nunca enviou nenhuma notificação. Ou seja, a Prefeitura estaria tentando fazer o papel da própria Justiça.

 “Não entendemos essas acusações infundadas. Até agora ficamos quietos, relutamos em alimentar esta animosidade em tempos de pandemi,a mas os membros da Irmandade estão incomodados com essas difamações e estudamos a melhor forma de agir. Vão ter que apresentar provas do que falam”, diz Liberatore.

“Gostaríamos de conversar amigavelmente com o prefeito, pois eu conheço ele desde pequeno, somos amigos, não entendo o que está acontecendo”, lamenta.

Assembleia

A Irmandade realizaria uma Assembleia anual neste sábado, mas foi cancelada. Liberatore explica que este não tem nada a ver com o documento enviado pela Prefeitura. “Por causa da pandemia, seria on line, mas nem todos poderiam participar dessa forma. Iremos remarcar outra em breve”.

Derrota

A Justiça invalidou, recentemente, um decreto do Prefeito em que ele faz a requisição de imóveis da Irmandade para garantir eventuais débitos trabalhistas. A Justiça considerou que isso não caberia à Prefeitura.

Um outro decreto, que requisitou a parte administrativa da Santa Casa de Itu ainda está em vigor e vence no início de maio. 

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Região

Deixe uma resposta

Leia também

Prefeitura de Salto rescinde contrato com empresa responsável pela Zona Azul na cidade

1 de 1 Prefeitura de Salto rescinde contrato com empresa responsável pela Zona Azul na cid…