Quer receber as principais Notícias de Salto e região pelo Facebook Messenger? Inscreva-se agora.

Na manhã desta sexta-feira (05/04) foram realizadas a premiação do Concurso de Caricaturas “Pery Guarany Blackman”, a abertura oficial da exposição da Semana de Caricatura “Professor Pery Guarany Blackman”, que conta com os trabalhos dos vencedores e os selecionados do concurso e também o início da exposição “História da Arte como História da Cidade”, promovida pelo Museu e Arquivo Histórico Municipal de Itu “Synésio de Sampaio Góes” (Mahmi).
A cerimônia contou com a presença do prefeito Guilherme Gazzola e da secretária municipal de Cultura e Patrimônio Histórico Maitê Velho. Para o concurso de caricaturas foram inscritos 60 trabalhos de locais como Itu, Campinas, Fortaleza, Rio de Janeiro, Votorantim, Salto, Mogi Guaçu, Bauru, Teresina, São Paulo, Porto União, Rio Grande do Sul e também do exterior como de Portugal e da Macedônia.
O primeiro colocado foi Paulo José Barbosa Pinto, de Grandra (Portugal), com a obra intitulada Samuel L. Jackson – Star Wars; em segundo lugar João Bosco Jaco de Azevedo, de Belém (PA), com a caricatura de Dona Ivone Lara e em terceiro lugar Alisson Ortiz Affonso, de Rio Grande (RS), com a caricatura de Guilhermo Del Toro. O concurso também ofereceu quatro menções honrosas para Edinei Braz, por Jack Chan; Débora Santhyago Carvalho, por Lady Gaga; Lucas Navarro Bussaglia, por Michael Jordan, todos de Itu e Sérgio Roberto Campelo, por Van Gogh, de Campinas.
O único premiado que compareceu a cerimônia, Lucas Navarro Bussaglia, recebeu o certificado das mãos do prefeito Guilherme Gazzola. Na edição de 2018 do concurso, Lucas foi o primeiro colocado com a caricatura do músico internacional Axl Rose.

Mahmi
Na ocasião também foi aberta a exposição “História da Arte como História da Cidade”, promovida pelo Museu e Arquivo Histórico Municipal de Itu “Synésio de Sampaio Góes” (Mahmi), que possui diversificado conjunto de coleções e fundos de arquivo, com itens como manuscritos, fotografias, iconografia, têxteis, mobiliário e obras de arte dos artistas ituanos, originais de Demétrio Ligotti Blachman, Pery Guarany Blackman e Jonas Barros, além de reproduções de Miguel Benício de Assunção Dultra e José Ferraz de Almeida Júnior.
Entre as obras de destaque das coleções está a “Vista do Pão de Açúcar tomada da Praia de Icaraí”, datada de 1924 retratando a paisagem carioca com autoria de Garcia Bento, renomado pintor especialista neste gênero. E duas gravuras (serigrafias) da série Brasília Para Sempre: “Brasília Plano Piloto” e “Praça dos Três Poderes – Risco original”, ambas datadas de 1997, ambas realizadas pelo Arquiteto e Urbanista Lucio Costa.
Já o destaque da exposição fica por conta da obra “Canto burlesco” de Roberto Burle Marx. O prefeito Guilherme Gazzola e a secretária municipal de Cultura e Patrimônio Histórico Maitê Velho destacaram o trabalho desenvolvido pelo diretor de Patrimônio Emerson Castilho e pelo ex-secretário de Cultura, Geraldo Gonçalves Junior para a conquista das obras expostas na exposição.
As obras foram conquistadas por meio de edital proposto pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), que mediou a doação de um amplo lote de obras de arte do Instituto Itaú Cultural para os museus públicos brasileiros. Em fevereiro, foram entregues 37 que passaram a pertencer ao município.
As exposições podem ser visitadas gratuitamente de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na Prefeitura de Itu, localizada na Avenida Itu 400 anos, 111, Itu Novo Centro.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Cultura

Deixe uma resposta

Leia também

Maringá tem o novo recordista brasileiro do salto em altura

O maringaense Renan de Lima Gallina, de 15 anos, foi destaque das disputas do Campeonato B…