O auxílio emergencial deve beneficiar a população nos próximos três meses

O auxílio emergencial lançado pelo Governo Federal disponibilizou nesta terça-feira (07), o cadastro online que pode ser realizado no aplicativo CAIXA – Auxílio Emergencial e também no site https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio. Após o cadastro é indicado o acompanhamento da solicitação e verificar a liberação do benefício.
O cadastro atende pessoas sem carteira assinada e renda fixa, que são afetadas pelas medidas de isolamento social e quarentena adotadas pelo governo para tentar conter a disseminação do coronavírus, além de famílias em situação de vulnerabilidade. Vale ressaltar, que as famílias assistidas pelo Bolsa Família receberão o auxílio caso seja mais vantajoso que o valor recebido pelo programa Bolsa Família e não há necessidade de realizar um novo cadastro.
O auxílio varia entre R$ 600 e R$ 1.200 e beneficiará no máximo duas pessoas por família. O pagamento será feito através da Caixa Econômica Federal, em uma conta digital e gratuita, sem taxas para movimentação. Ainda haverá um segundo aplicativo seguro para realizar o pagamento, como uma conta poupança digital ou até mesmo via TED para qualquer banco, de forma gratuita.
E como última opção, ainda será oferecido o saque em terminais de atendimento eletrônico, em lotéricas e nas agências dos bancos públicos federais.
Dúvidas: Ligue 111.

O auxílio irá para trabalhadores que se enquadrarem nas seguintes exigências:
• Ter mais de 18 anos;
• Não ter emprego formal (em regime CLT ou como servidor público) ou ter contrato de renda intermitente ativo
• Não receber benefícios, como aposentadoria, seguro-desemprego ou programas de transferência de renda do governo, com exceção do Bolsa Família;
• Ter renda familiar mensal por membro da família de até meio salário mínimo (522,50 reais) ou renda familiar mensal total de até três salários mínimos (3.135 reais);
• Não ter recebido em 2018 rendimentos tributáveis acima de 28.559,70 reais.

Os candidatos informais devem ainda cumprir as seguintes exigências:
• Ser microempreendedor individual (MEI)
• Ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS)
• Ser trabalhador informal inscrito no Cadastro Único – quem não estiver cadastrado poderá fazer uma autodeclaração por meio de aplicativo que estará disponível na terça-feira (07.04)
• Ter cumprido o requisito de renda média até 20 de março de 2020

Fontes seguras de acesso:
Site Oficial da Caixa Econômica Federal
https://auxilio.caixa.gov.br/

Aplicativo Oficial Android
https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.caixa.auxilio&hl=pt_BR

Aplicativo Oficial IOS
https://apps.apple.com/br/app/caixa-aux%C3%ADlio-emergencial/id1506494331

Compartilhe esta notícia:





Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

Leia também

Loja do Plaza contrata assistente de loja

A Centauro, maior rede multicanal de produtos esportivos da América Latina, está contratan…