Jovem foi vista pela última vez no dia 6 de julho. Suspeito do desaparecimento foi morto no Jardim Santa Cruz (Foto: Divulgação)

A Polícia Civil de Salto segue investigando se o corpo encontrado no último dia 8 de julho na Estrada do Guarujá, na zona rural do município, é o da jovem Priscila Martins, de 18 anos, desaparecida desde o dia 6 deste mês.

De acordo com informações registradas em boletim de ocorrência, Priscila teria saído de casa no dia 6, por volta das 18h30, deixando o celular em casa e não retornando mais.

Segundo a Polícia Civil, os pertences encontrados junto ao corpo são semelhantes aos que pertencem à Priscila, que quando havia saído de casa se encontrava com um bracelete prata, piercing no nariz, uma camiseta de desenho, além de possuir aparelho nos dentes.

O desaparecimento da jovem ganhou repercussão nacional e também gerou polêmica devido a uma reportagem realizada pelo programa “Cidade Alerta”, da TV Record, apresentado pelo jornalista Luiz Bacci, na última segunda-feira (13).

Durante a reportagem, Bacci disse que a polícia já tinha um suspeito do desaparecimento da jovem, mas ainda não o havia detido, exibindo na sequência uma imagem borrada do indivíduo, acrescentando: “Ainda não temos autorização para mostrar sem esse borrão. Mas quem conhece esse homem já passa informações para a polícia. Quem é amigo desse homem sabe quem é”.

O apresentador ainda disse. “Por favor, não façam justiça com as próprias mãos. Até porque ele é investigado. Sabe alguma coisa dele? Sabe onde mora? Não tome você alguma medida já procurando ele direto. Não se arrisque. Conte para a polícia”.

Embora tenha ponderado, após a exibição da imagem, ainda naquela mesma noite, o suspeito, identificado como Alecio Ferreira Dias, de 41 anos, foi morto após ser baleado por sete vezes no Jardim Santa Cruz, também na cidade de Salto.

O indivíduo teria sido retirado de sua casa por um grupo de pessoas após a exibição da reportagem e levado até um matagal, local em que acabou morto.

Um exame de DNA deverá confirmar se o corpo encontrado carbonizado é o de Priscila. Recentemente, foi coletado material genético da mãe da jovem desaparecida.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

Leia também

Leme é reeleito para mais um mandato à frente da SISMI

Sindicalista é presidente da instituição há 26 anos O atual presidente do SISMI (Sindicato…