Em vista da informação de que os empregados do IBDAH não receberam seus salários, que deveriam ter sido pagos na data de ontem (07 de abril), a Prefeitura da Estância Turística de Salto esclarece que, a par de suas obrigações contratuais, constatou que o INSTITUTO BRASILEIRO DE DESENVOLVIMENTO DA ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR – IBDAH possui débitos com funcionários, prestadores de serviços e fornecedores, totalizando um valor maior que os repasses a serem feitos pelo município.

Sendo assim, a Prefeitura notificou o citado Instituto para que apresentasse um Plano de Pagamento, esclarecendo como seriam pagas tais dívidas, e optou por suspender os repasses até que tal explanação fosse efetivada, resguardando o Erário e, principalmente, os direitos trabalhistas dos empregados do IBDAH, uma vez que não haveria nenhuma garantia de que os valores repassados seriam, efetivamente, utilizados para pagamento dos salários e não para outras finalidades.

A ação da Prefeitura, então, garante que os empregados do IBDAH e os profissionais da Saúde contratados como Pessoa Jurídica recebam seus pagamentos, inclusive quanto a verbas rescisórias, uma vez que, caso os pagamentos não sejam realizados pelo Empregador, serão feitos diretamente pela Prefeitura com o valor retido, evitando, assim, que esse valorosos profissionais deixem de receber pelos serviços prestados, como já ocorreu em outras cidades, em ocasião do final de contrato de gestão.

Por fim, a Prefeitura reforça que a obrigação pelo pagamento dos salários É DO INSTITUTO BRASILEIRO DE DESENVOLVIMENTO DA ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR – IBDAH, independente do repasse, ainda mais quando este possui dívidas acima do que tem a receber, cabendo ao mesmo os aportes financeiros necessários para o cumprimento de todas as suas obrigações.

Compartilhe esta notícia:





Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

Leia também

Prefeitura de Salto rescinde contrato com empresa responsável pela Zona Azul na cidade

1 de 1 Prefeitura de Salto rescinde contrato com empresa responsável pela Zona Azul na cid…