Além das autoridades ituanas, representantes do Governo do Estado e da Invest SP participaram da reunião (Foto: Angélica Estrada/Prefeitura de Itu)

O prefeito Guilherme Gazzola (PL) participou, na quarta-feira (29/09), na capital paulista, de reunião com representantes do Governo do Estado de São Paulo e da Invest SP – Agência Paulista de Promoção de Investimentos e Competitividade para prosseguir com as tratativas para a implantação do distrito industrial localizado na região do Pirapitingui.

Segundo a administração municipal, o encontro foi bastante produtivo, considerando que as três partes demonstram interesse na execução do projeto e uma nova agenda foi elaborada para que as próximas etapas desse processo sejam viabilizadas.

Participaram da reunião o presidente do Conselho do Patrimônio Imobiliário, vinculado à Secretaria Estadual de Projetos, Orçamento e Gestão, Laércio Paulino Simões, o vice-presidente e a secretária técnica executiva do órgão, respectivamente, Alberto Martins Ribeiro e Yara de Campos Escudero Paiva.

A comitiva ituana contou ainda com a secretária municipal de Justiça, Maria Teresa Leis Di Ciero Oliviero, o diretor de Desenvolvimento da Secretaria Municipal de Emprego, Iwan Morais Szewczuk, e o procurador Giovanni Silva de Araújo.

Na oportunidade, Gazzola defendeu sua ideia de que a área em questão seja utilizada para implantação de um polo tecnológico industrial, considerando a localização privilegiada da mesma, bem como seu desenvolvimento planejado pela atual gestão municipal. A Prefeitura deve elaborar o estudo de vocação do local (que conta com um milhão de metros quadrados), documento que será apresentado ao Conselho do Patrimônio Imobiliário, favorecendo o prosseguimento das tratativas para a captação de recursos futuramente.

Todo o trabalho dos envolvidos tem por missão gerar emprego, renda e arrecadação no município de Itu, frisa a Prefeitura de Itu em release enviado à imprensa. Os trâmites para a implantação do distrito seguirão e, entre eles, está o encaminhamento ao Legislativo ituano de propositura para revisão do Plano Diretor no tocante ao uso e ocupação do solo.

Recursos

Já na última quinta-feira (30/09), um dia após a reunião para discutir o futuro do distrito industrial no Pirapitingui, uma comitiva ituana participou de outro encontro na capital, com a finalidade de solicitar recursos para a efetivação do projeto. O vice-prefeito Luciano Alves Ribeiro (PL) esteve na sede do Desenvolve SP reunido com o superintendente de negócios da instituição, Mauro Miranda e o deputado estadual André do Prado (PL), requisitando apoio financeiro para a utilização da área destinada para o distrito.

Segundo a administração ituana, as autoridades estaduais sinalizaram interesse e boa vontade na utilização do terreno. Além dos pedidos relacionados ao distrito industrial, o vice-prefeito de Itu aproveitou a oportunidade para apresentar outras demandas do município, referentes à infraestrutura, obtendo crédito de R$ 15 milhões por meio do programa Desenvolve Municípios, realizado pelo Desenvolve SP, do Governo do Estado.

Luciano esteve acompanhado do diretor de Desenvolvimento da Secretaria Municipal de Emprego, Iwan Morais Szewczuk e do controlador interno da Secretaria Municipal de Planejamento, Heraldo de Francisco.

Histórico

Em 2008, o ex-governador José Serra (PSDB) sancionou uma lei que doava a área para a criação de um distrito industrial na região do Pirapitingui. O local fica vizinho ao Hospital “Dr. Francisco Ribeiro Arantes”, na entrada do bairro Cidade Nova. A notícia foi comemorada e amplamente divulgada na época, mas nada saiu do papel.

Em 2017, o JP revelou que havia uma PPP (Parceria Público-Privada) com um certo encaminhamento para a execução do Distrito Industrial realizada pelas administrações anteriores. Porém, foram encontradas irregularidades na PPP, além da mesma ser prejudicial economicamente ao município.

Com isso, a atual gestão reviu tudo o que foi feito, chegando ao estágio atual. Já em 2018, durante a campanha para o Governo de São Paulo, o então candidato João Doria (PSDB) chegou a prometer a avaliação da implantação efetiva do Distrito Industrial em Itu.

“Vamos avaliar, sim, o novo Distrito Industrial aqui em Itu para gerar empresas, emprego, oportunidade de renda para essa região. Vamos proteger o turismo, valorizar o turismo e manter as características que Itu já tem, mas vamos também trazer indústrias que geram centenas de novos empregos”, declarou Doria na oportunidade.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

A Zona Azul é gratuita em Salto, mas se bobear pode tomar multa e ter seu veículo guinchado

A prefeitura da Estância Turística de Salto, está divulgando que começou a vigorar a parti…