BERLIM (Reuters) – Os preços ao produtor alemão aumentaram 5,2% em abril na comparação com o ano anterior, o maior aumento em quase uma década, mostraram dados nesta quinta-feira, em mais um sinal de que os gargalos de oferta estão levando a uma maior pressão inflacionária na Alemanha.

O aumento nos preços ao produtor seguiu-se a um aumento anual de 3,7% em março. A expectativa em pesquisa da Reuters era de alta de 5,1%.

Em comparação com o mês anterior, os preços ao produtor subiram 0,8% em abril, informou a agência federal de estatísticas.

“As pressões sobre os preços continuam apontando para cima também ao nível do produtor”, disse o economista da LBBW, Jens-Oliver Niklasch.

“No momento, é difícil dizer quanto dos custos as empresas serão realmente capazes de repassar aos consumidores”, acrescentou.

Os gargalos de oferta e a recuperação econômica em geral devem aumentar as pressões sobre os preços na Alemanha, com o governo prevendo que a inflação dos preços ao consumidor salte para 2,2% este ano e diminua para 1,5% no próximo.

(Por Michael Nienaber)

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH4J0PY-BASEIMAGE

Veja também

+ Carreira da Década – Veja como ingressar na carreira que faltam profissionais, mas sobram vagas
+ Truque para espremer limões vira mania nas redes sociais
+ Mulher finge ser agente do FBI para conseguir comida grátis e vai presa
+ Zona Azul digital em SP muda dia 16; veja como fica
+ Estudo revela o método mais saudável para cozinhar arroz
+ Arrotar muito pode ser algum problema de saúde?
+ Tubarão é capturado no MA com restos de jovens desaparecidos no estômago
+ Cinema, sexo e a cidade
+ Descoberta oficina de cobre de 6.500 anos no deserto em Israel

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Bandidos assaltam farmácia e cliente no calçadão do Cecap

Mais um assalto à farmácia foi registrado. Dessa vez, o roubo aconteceu no Boulevard no ba…