O estado de São Paulo registrou 12.561 novos casos de Covid-19 e 362 novas mortes nas últimas 24 horas, em alta atribuída novamente pelo governo estadual a uma contínua falha no sistema de notificações. A soma, até esta quinta-feira (23) é de 452.007 casos confirmados de Covid-19 e 20.894 mortes.

Na quarta-feira, o estado obteve o segundo maior registro de novos casos, com 16.777 notificações. Em nota divulgada no fim da tarde, o governo João Doria afirmou que o salto decorria de um represamento no processo de notificações, negando que tivesse havido um crescimento na velocidade da transmissão do coronavírus.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Jean Carlo Gorinchteyn, uma instabilidade do Datasus, do Ministério da Saúde, dificultou a inserção dos casos leves do município. Com isso, os dados represados foram lançados de uma vez. O problema ocorreu, disse ele, entre quinta (16) e segunda-feira (20).

“Ainda são casos de um numerário alto. Não é o que queremos. Vamos avaliar se eles ainda se relacionam à questão dos represados frente ao Datasus. Por outro lado, a testagem é cada vez maior se mostrando presente no nosso meio”, afirma Gorinchteyn.

A Folha questionou o Ministério da Saúde sobre a falha com o Datasus. Em nota, o órgão afirmou que alguns estados apresentaram dificuldade para preencher os dados sobre Covid-19 no sistema, mas que foram auxiliados na resolução do problema.

Gorinchteyn também apontou uma uma diminuição do número de mortes em quase 8% (89 a menos) de domingo (19) até esta quinta, em comparação com o mesmo período da semana anterior.

Dos casos confirmados nas últimas 24 horas, 5.259 (42%) foram identificados através de teste rápido, 6.907 ( 55%) do RT-PCR e 395 (3%) de outros diagnósticos.

Do total de infectados, 134.586 (29%) foram identificados por teste rápido, 308.911 (69%) pelo RT-PCR e 8.510 (2%) através de outras metodologias.

Internados nas UTIs com confirmação ou suspeita da doença somam 5.552 pacientes; outros 8.354 estão nas enfermarias. A taxa de ocupação de leitos de UTI está em 66,2% no estado e 63,7% na Grande São Paulo.

Pacientes recuperados somam 302.176. Destes, 61.779 precisaram ser internados e receberam alta.

A equipe médica do Hospital de Campanha do Ibirapuera (zona sul) concedeu a alta de número 1.500 nesta quinta.

A paciente é a Sra. Maria de Lourdes de Souza Soares Palácio, 59, moradora de Santa Bárbara d’Oeste (135 km de SP). Ela estava internada na unidade desde o início desta semana.

Desde 1º de maio, início do funcionamento, o Hospital de Campanha do Ibirapuera recebeu cerca de 2.060 pacientes.

Médias móveis de casos e mortes

Ao analisar a média móvel de casos da semana, que está em 7.137 e compará-la com a da semana anterior, 7.476, houve uma redução no estado de São Paulo de 5% dos casos confirmados de Covid-19 desta semana, de 17 a 23 de julho com a anterior, de 10 a 16 de julho.

Em relação aos óbitos, a diminuição foi de 3% —265 mortes contra 274 da semana anterior.

Na capital paulista, observando os mesmos períodos, a redução é maior, de 26% no número de casos confirmados e 18% de mortes —1.638 casos contra 2.215 e 73 mortes contra 89.

“​Na região metropolitana, há uma situação intermediária entre o que temos na capital e no interior. Estamos nessa semana com 1.325 e na anterior estávamos com 1.217. Na região metropolitana, extraindo a capital, houve um aumento de 9% no número de casos e mesmo com esse aumento houve uma redução nas médias móveis de óbitos em torno de 8%. Estávamos com 65 e agora temos 60″, explica João Gabbardo, secretário-executivo do Centro de Contingência do Coronavírus.

No interior, a média móvel é de 4.174 nesta semana, contra 4.044 na anterior —um acréscimo de 3% no número de casos. Em relação aos óbitos, o acréscimo foi de 9% —132 mortes nesta semana contra 121 na anterior.

Segundo o centro de contingência, os números estão dentro do previsto pelas projeções feitas pelo órgão.

Marco Vinholi, secretário de Desenvolvimento Regional, afirma que 41,2% dos casos de Covid-19 estão no interior e 38,9% na cidade de São Paulo.

A capital paulista e o estado tiveram um índice de isolamento social de 43% nesta quarta.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

Leia também

Notícia Anterior Itupeva perde o Vereador Salvador Philomeno

Infelizmente, nesta sexta-feira, 11, Itupeva perdeu o Vereador Salvador Philomeno, aos 85 …