Passeio acontece com 50% da capacidade de público e é obrigatório o uso de máscara  

 

A partir deste sábado (08.08), o trem turístico que liga Curitiba à histórica cidade de Morretes, no Paraná, voltou a encantar turistas e moradores da região. Considerado um dos passeios ferroviários mais bonitos do mundo, e um dos principais atrativos da Região Sul do país, a viagem atrai milhares de viajantes em busca das belezas naturais da Serra do Mar paranaense.

 

A Serra Verde Express, empresa que opera o trem, aderiu ao selo “Turismo Responsável – Limpo e Seguro” do Ministério do Turismo, símbolo de comprometimento à adoção de protocolos de segurança sanitária para a prevenção do coronavírus.

 

Além da redução em 50% da capacidade de público e a obrigatoriedade de uso de máscara, a operadora adotou outras medidas, como a disponibilização apenas de vagões com janelas passíveis de abertura, garantindo a correta circulação de ar.

 

Também foram implementadas soluções de alta tecnologia para a sanitização dos ambientes e para a realização segura do check-in do visitante. A utilização de um totem de autoatendimento com leitor de temperatura, verificação do uso de máscara, dispensador de álcool gel e validador de ticket via QR Code permitem que não haja contato entre os turistas, diminuindo o risco de contágio.

 

Antes do início da viagem, os passageiros deverão fazer um cadastro no site da prefeitura de Morretes para controle do número de visitantes diários na cidade. Para isso, basta acessar o site www.morretesdestinocerto.com.br, preencher o formulário e apresentar o QR Code no momento do embarque.

 

TREM REPUBLICANO – Em breve, os municípios de Itu e Salto (SP) também entrarão no mapa do turismo ferroviário. O Trem Republicano ligará as duas cidades, em um trajeto de 7 km, e a previsão é de que a atração passe a operar em dezembro deste ano.

 

O consórcio intermunicipal do trem foi criado em 2008 com a liberação de R$ 4 milhões às prefeituras por parte do Ministério do Turismo. A intenção é de que o investimento ajude no desenvolvimento turístico e econômico da região, gerando emprego e renda para a população local.

 

TURISMO FERROVIÁRIO – As atividades turísticas ferroviárias estavam suspensas desde o início da pandemia. Graças à articulação do Ministério do Turismo junto à Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), em junho, o setor foi autorizado a retomar as atividades. O retorno se tornou possível porque o segmento de trens turísticos se comprometeu a aderir aos protocolos de biossegurança do MTur, o selo “Turismo Responsável – Limpo e Seguro”.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

Leia também

Polícia apreende cocaína escondida em fundo falso de caminhão em oficina de Salto

1 de 2 Polícia apreende cocaína em caminhão em Salto (SP) — Foto: Divulgação/Polícia Civil…