Jundiaí apresentou saldo positivo em postos de trabalho de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) pelo sexto mês consecutivo. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Economia nesta sexta-feira (31). Somente em junho, Jundiaí gerou 1.452 empregos com carteira assinada segundo o Caged.

Essa é a diferença entre as contratações, que somaram 7.524 no mês passado, e as demissões, que totalizaram 6.072. Contando 2021 inteiro, Jundiaí está com saldo positivo de 5.791 empregos, com 43.705 admissões e 37.914 desligamentos.

Quatro setores se destacaram no mês de junho O setor de indústria registrou 25 vagas, com 1.110 admitidos e 1.085 desligados, enquanto serviços registrou 1.148 vagas, com 4.444 admitidos e 3.296 desligados.

Leia também:

O setor do comércio apresentou saldo positivo de 255 vagas, com 1.566 admitidos e 1.311 desligamentos. A construção apresentou saldo de 28 postos (403 admitidos e 375 desligados). “Mesmo com o impacto da pandemia na economia, Jundiaí consegue avançar gerando emprego e renda para a população. Gerar emprego e renda para a população são metas da gestão. Alcançar o sexto mês consecutivo com saldo positivo entre criação e fechamento de vagas valida o caminho seguido, de apoio aos empreendedores, com oferta de capacitações e ecossistema inovador de estímulo aos investimentos”, comenta o prefeito Luiz Fernando Machado.

Segundo Cristiano Lopes, gestor da Unidade de Gestão de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, o resultado positivo reflete os esforços da administração para criar um ambiente favorável aos negócios em Jundiaí, com a chegada de novas empresas à cidade, bem como o reconhecimento internacional como sendo um dos melhores endereços para investimentos, segundo 6ª edição do ranking ‘Cidades do Futuro’ realizado pela FDI Intelligence – integrante da publicação Financial Times.

“Paralelamente aos esforços da área da saúde, nós da Unidade de Gestão de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia temos atuado, por determinação do prefeito Luiz Fernando Machado, visando mitigar os impactos nocivos que a COVID-19 tem causado na economia local. Temos dois eixos principais de atuação: Fomento ao Empreendedorismo, aos Negócios e a Geração de Emprego e Internacionalização da Economia de Jundiaí”, afirma.

De acordo com Cristiano Lopes, o portal Jundiaí Empreendedora tem tido uma média excelente de vagas de emprego. “Só nesta sexta-feira atingimos um número de 1500 ofertas de emprego. Temos dialogado com os empresários e comerciantes para criar um vínculo para geração de emprego e também para criação de cursos de capacitação para melhorarmos nossa mão de obra”, explica.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Oportunidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Estrada do Pinheirinho será asfaltada

Local foi comtemplado pelo Programa “Novas Estradas Vicinais” do pacote Pro SP As obras de…