Os funcionários da Santa Casa de itu, incluindo os médicos, fizeram um abaixo-assinado com mais de 250 assinaturas pedindo o direito de receberem os seus salários e que se investigue o que realmente aconteceu entre Prefeitura e INCS (Instituto Nacional de Ciências e Saúde).

O documento é direcionado à imprensa, à Secretaria Estadual de Saúde, à Diretoria Regional de Saúde, ao Ministério Público e aos vereadores.

Os médicos ficaram sem receber os meses de fevereiro, março e sete dias de abril e os demais funcionários o mês de março e a primeira semana de abril. “Estamos desesperados pela falta de pagamento de nossos salários”.

Ele explicam que cada parte envolvida, Prefeitura e INCS,  deu a sua versão sobre os fatos. “O que pedimos é que se investiguem e avaliem o que aconteceu”, dizem. “Lembramos que existe uma verba que já foi depositada pelo Estado para ser utilizada, única e exclusivamente, nos custos com a Santa Casa de Itu”.

CEI da Santa Casa

Na Câmara, são necessárias cinco assinaturas de vereadores para investigar o contrato e os devidos repasses.

Os vereadores de situação alegam que não assinam pois a INCS já foi condenada a pagar. Na verdade, a juíza bloqueou os bens da entidade, após uma ação coletiva do sindicato, para preservar que a empresa receba da Prefeitura e não pague os funcionários, mas não há uma condenação definitiva sobre as devidas responsabilidades no processo, que pode ser acessado aqui.  

Uma nova audiência de conciliação entre as partes será realizada, no Ministério Público do Trabalho, na próxima terça-feira.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Região

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Randstad está com oportunidade(s) para Líder de Distribuição – ITU – v2242296

Descrição Apoiar a gestão local, no gerenciamento dos processos de distribuição, auxiliand…