Ao contrário da expectativa, o governador João Doria não anunciou nenhuma mudança no Plano SP: o Estado continua na fase vermelha, a mais restritiva até agora, com permissão para que apenas serviços essenciais funcionem.

Informações de bastidores chegaram a circular alertando que o Estado poderia ir para uma fase roxa, uma nova etapa com fechamento de escolas, igrejas, suspensão de campeonatos de futebol e restrição de horários para atividades essenciais.

“Estamos em uma situação de alerta máximo”, ressaltou o governador João Doria, em coletiva na tarde desta quarta-feira, 10. Ele aproveitou para criticar o presidente Jair Bolsonaro que indicou remédios não comprovados como prevenção ao vírus, atrasou a compra para vacina e a falta de conscientização na importância de distanciamento social e uso de máscaras.

Questionado se eles irão acatar uma orientação do Ministério Público, que pede fechamento de escolas e igrejas, a equipe de Doria disse que isto está sendo estudado e que poderá ser anunciado no momento adequado, se o isolamento social não for eficiente no combate à doença.

Sobre outra orientação do MP, que pede a paralisação dos campeonatos de futebol no Estado, nada foi falado.

Doria começou a coletiva falando do momento crítico e que os números aumentam: 82% dos leitos de UTI no Estado estão ocupados. A equipe de contingência também informou que a vaga Cross que regula leitos hospitalares no Estado tem com 1.930 pessoas na fila nesta quarta-feira.

Mas aos ser questionado sobre fechamento de escolas e igrejas, afirmou que por enquanto a fase vermelha está sendo eficiente.

A suspeita é que Doria anunciará medidas mais restritivas em breve, mas estuda uma forma de fazer isso sem ser tão impopular.

Vacinação

No dia 22 de março, o Estado vai começar a vacinação para quem tem 72, 73 e 74 anos. Para quem tem 75 e 76 a vacinação vai começar a partir do dia 15 de março, próxima segunda-feira.

Doria também lembrou que o Instituto Butantan trabalha 24 horas diariamente para produzir novas vacinas e que a vacina é eficaz contra as novas variantes do coronavírus.

Novos leitos

O governo também anunciou 338 novos leitos, sendo 167 de UTIs em hospitais estaduais, municipais e filantrópicos de todo Estado. Não foi divulgado na coletiva os nomes dos hospitais.

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Região

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Secretário Municipal de Sorocaba é preso em força-tarefa

O secretário de Recursos Humanos da Prefeitura de Sorocaba, Rodrigo Onofre, foi preso prev…