A dona de casa Maria Olívia de Freitas, 65 anos, mora na Vila Martins, em Itu e está internada no Hospital Regional, em Sorocaba. Ela precisa de uma cirurgia que teve que ser remarcada por não ter sangue do tipo O- disponível.

A filha Márcia narra a saga da mãe, que sofre sequelas deixadas pelo Covid-19. “Ela precisou ficar internada de  20 de janeiro a 2 de fevereiro desde ano , durante essa internação já foi descoberto que estava anemia. Ela  tomou duas bolsas de sangue e fez o tratamento do covid e achamos que tudo ia ficar bem. No dia 10 de fevereiro procuramos de novo atendimento pois não estava  saturando bem e com muita dificuldade de respirar”, explica.

“Foi internada novamente no Hospital de Campanha e aí ficou de 10 até 13 de fevereiro,estava com água no pulmão e foi realizado uma pulsão do líquido do pulmão e deram alta novamente. Veio para casa e no dia 17 piorou novamente, levamos ela para o PAM  onde através de uma tomografia foi constatado que estava com mais líquido no pulmão. Conseguimos vaga no Regional de Sorocaba, e ela precisa fazer uma dercotização pulmonar”, conta.

Os exames pré-operatórios mostraram que a anemia piorou, por isso ela precisará de duas bolsas antes e duas depois da intervenção cirúrgica. Maria, que é deficiente visual, precisa agora do apoio de doadores pois seu tipo de sangue é raro e está em falta.

Para doar é preciso ir até  o Colsan Sorocaba, na Av. Comendador Pereira Inácio, 564. Sorocaba – SP – Tel: (15) 3224-2930 / 3332-9461. Segunda a sábado das 7h às 12h30 (exceto feriados). O atendimento é limitado a 170 candidatos/dia. Estacionamento gratuito no local.

Para mais informações, acesse : https://www.colsan.org.br/site/doador/locais-para-doacao-de-sangue/

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Região

Deixe uma resposta

Leia também

Mulher reage a agressão e mata ex-namorado a facadas em Salto

1 de 1 Caso foi apresentado na delegacia de Itu — Foto: Carolina Abelin/TV TEM Caso foi ap…