Quer receber as principais Notícias de Salto e região pelo Facebook Messenger? Inscreva-se agora.
O professor universitário Gustavo Hollatz desenvolveu seu projeto durante três semanas no Vale do Silício
O professor universitário e morador de Sorocaba, Gustavo Hollatz. Crédito da Foto: Divulgação

O professor universitário e morador de Sorocaba, Gustavo Hollatz, desenvolveu um projeto de segurança urbana durante três semanas no Vale do Silício. Agora, ele está concorrendo a uma vaga em uma premiação internacional no 4YFN, que é um dos maiores eventos do mundo para empreendedores no mercado das adtechs — termo para empresas que desenvolvem soluções tecnológicas para a oferta de serviços relacionados à educação.

Leia mais  Aneel lançará aplicativo para ajudar consumidor a entender a conta de luz

Para desenvolver o projeto, ele foi selecionado entre mais de 30 mil profissionais e ganhar uma bolsa de estudo em um disputado programa para empreendedores na Universidade de Berkeley na Califórnia (EUA).

Gustavo Hollatz é publicitário e mora em Sorocaba desde 2013. No ano passado ele participou e ganhou o “prêmio de inovação de Sorocaba”, com uma ideia similar a desenvolvida no Vale no Silício.

O projeto desenvolvido agora foi o Safe.ti. Trata-se de um aplicativo para relatar incidentes, ajudar a prevenir crimes nos campus das universidades, e reduzir em até 70% o tempo de atendimento com a autoridade responsável, criando também um senso de comunidade.

“Universidades americanas que têm campus enormes e com pouca segurança. Nós realizamos a pesquisa na universidade de Berkeley e em Stanford. Temos um conversa bem avançada e acredito que essa premiação em Los Angeles vai trazer a visibilidade que preciso”, lembra Hollatz.

“Nosso objetivo é ser o Waze da segurança para as universidades”, diz. Hollatz trabalhou no projeto com profissionais da Argentina, Espanha e recebeu mentoria de pesquisadores de Stanford e ex-funcionários da Cisco e Motorola.

Ele ainda acredita que o fato valoriza os profissionais da região, por se tratar de uma ideia que nasceu em Sorocaba e que pode ser premiada internacionalmente.

Até a sexta-feira (13) o projeto recebe votos para a próxima fase do concurso que vai premiar o primeiro colocado com US$ 10 mil. Para conhecer e votar no projeto Safe.ti basta visitar o site oficial de votação: https://pr.easypromosapp.com/voteme/841655/633232760?lc=spa. (Marcel Scinocca)

Artigos relacionados
Carregar mais por - redação
Carregar mais em Região

Deixe uma resposta

Leia também

Praças do Jd. Rondon e Jd. João Jabour recebem equipamentos da Academia ao Ar Livre

A Prefeitura de Salto, por meio da Secretaria de Obras e Serviços Públicos, realizou na úl…